ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  10    CAMPO GRANDE 21º

Economia

Loja vai devolver dinheiro para clientes que não quiserem a troca de vestuários

Cliente se revoltou ao encontrar provadores da loja Centauro interditados, na última quinta-feira (9) e denunciou o caso à redação

Por Adriano Fernandes | 12/07/2020 20:40
Provador de loja fechado quando ainda estava em vigor o decreto da prefeitura (Foto: Kísie Ainoã)
Provador de loja fechado quando ainda estava em vigor o decreto da prefeitura (Foto: Kísie Ainoã)

A rede Centauro informou que irá reembolsar os clientes que não puderem experimentar itens de vestuário nas suas lojas e desejam a devolução do valor da compra ao invés da troca do produto. Na última quinta-feira (09) um cliente se queixou à redação que os provadores da unidade do Shopping Norte Sul Plaza, estão interditados.

Na ocasião a atendente usou como justificativa o decreto da prefeitura que vetava o uso do provador durante a pandemia, entretanto, o decreto caiu no dia 25 de junho.  Em resposta à denúncia, o Procon ressaltou que a empresa poderia adotar a medida, contanto que também aceitasse devolver o dinheiro dos clientes, caso eles não gostem de algum vestuário que compraram sem experimentar na loja.

Em nota a empresa ressaltou que o fechamento das cabines fazem parte de “uma série de medidas de prevenção nas lojas para assegurar a proteção de seus funcionários e clientes”.

A companhia completou que, “embora não haja previsão em lei de direito de arrependimento para compras em lojas físicas, irá reembolsar os clientes que não puderam experimentar itens de vestuário e, por alguma razão, desejam a devolução do valor da compra ao invés da troca do produto”.

O período de devolução, ainda segundo a empresa, será baseado no prazo estabelecido pelo Código de Defesa do Consumidor para compras feitas fora do estabelecimento comercial.