A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/02/2010 20:30

Lula: "Brasil comprará gás da Bolívia até sem precisar"

Redação

Nem mesmo depois de o país atingir a sua autossuficiência com a produção do pré-sal, o Brasil não irá parar de comprar gás natural da Bolívia, segundo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A afirmação foi feita nesta quarta-feira, segundo a Reuters, durante a inauguração de um gasoduto no Rio de Janeiro.

Lula argumentou que a maior economia da América Latina teria obrigação de ajudar os vizinhos mais próximos. "Temos que ajudar a Bolívia que é um país pobre, não é por que a gente vai ter mais gás que vai deixar de comprar, o papel de um país grande é comprar e ajudar os pobres, é a política de solidariedade", disse.

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse ainda que não há motivos para se preocupar com uma eventual escassez de gás. "Não acho que a Bolívia vai cortar o gás de nós (sic), não existe razão para a Bolívia fazer esse corte. Além disso, temos uma diversificação de fontes de suprimento", afirmou.

Para Mato Grosso do Sul, a compra é vantajosa porque o estado recebe ICMS de todo o gás que entra no país através de Corumbá (426 km de Campo Grande). O Estado chegou a receber R$ 93,6 milhões (outubro de 2008) por 31 milhões de m³ de gás natural importado, mas o valor sofreu uma queda substancial por conta da redução no volume e por um mecanismo de subfaturamento do produto pela Petrobras.

Prorrogado prazo para usar FGTS em prestações atrasadas de crédito imobiliário
O prazo para os trabalhadores usarem o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para pagar parcelas atrasadas do financiamento habitacional foi p...
Dólar fecha perto de R$ 3,33, maior valor em cinco meses
Num dia de tensões no mercado de câmbio, a moeda norte-americana fechou no maior valor em quase seis meses. O dólar comercial encerrou esta terça-fei...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions