A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

17/06/2010 10:53

Material de construção está mais caro e com cota

Redação

A todo vapor, a construção civil cresceu acima da capacidade de produção das indústrias e o resultado são materiais básicos cada vez mais caros e até mesmo cota para garantir que todos sejam atendidos.

O presidente licenciado do Sinduscon/MS (Sindicato da Indústria da Construção Civil de Mato Grosso do Sul), Amarildo Miranda Melo, afirma que a previsão de crescimento da construção, que era de 7,5% a 8% neste ano, em Mato Grosso do Sul, foi revista e pode atingir os 10%. "Acima de 7,5% já teremos problema de desabastecimento, inevitavelmente", avisa.

Segundo ele, no último mês o preço do aço já aumentou 10% e deve subir mais 12% em julho. Também está mais caro o cimento e tijolo. Há dois meses encontrado a R$ 18,00, o saco de 50 kg de cimento hoje é vendido, em média, a R$ 21,00. O milheiro do tijolo que custava R$ 360,00 hoje já chega a R$ 450,00.

A entrega também está demorando mais. "

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions