ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  24    CAMPO GRANDE 29º

Economia

Material de construção está mais caro e com cota

Por Redação | 17/06/2010 10:53

A todo vapor, a construção civil cresceu acima da capacidade de produção das indústrias e o resultado são materiais básicos cada vez mais caros e até mesmo cota para garantir que todos sejam atendidos.

O presidente licenciado do Sinduscon/MS (Sindicato da Indústria da Construção Civil de Mato Grosso do Sul), Amarildo Miranda Melo, afirma que a previsão de crescimento da construção, que era de 7,5% a 8% neste ano, em Mato Grosso do Sul, foi revista e pode atingir os 10%. "Acima de 7,5% já teremos problema de desabastecimento, inevitavelmente", avisa.

Segundo ele, no último mês o preço do aço já aumentou 10% e deve subir mais 12% em julho. Também está mais caro o cimento e tijolo. Há dois meses encontrado a R$ 18,00, o saco de 50 kg de cimento hoje é vendido, em média, a R$ 21,00. O milheiro do tijolo que custava R$ 360,00 hoje já chega a R$ 450,00.

A entrega também está demorando mais. "

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário