A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/03/2010 16:41

Medicamentos devem subir 4,60% em média até 31 de março

Redação

O Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos) anunciou nesta segunda-feira que o reajuste anual dos preços de medicamentos será de até 4,60%, em média, neste ano.

Os 18.630 produtos disponíveis são divididos em três categorias de reajustes, de acordo com a participação dos medicamentos genéricos: para as classes com participação igual ou superior a 20%, o índice de reajuste será de 4,83%; para aquelas com índice entre 15% e 20%, o reajuste será de 4,64%; e a terceira classe, com participação de genéricos abaixo de 15%, terá aumento de 4,45%.

Em nota, o Sindusfarma esclarece que o reajuste anual corrige a tabela de Preços Máximos ao Consumidor e não acarreta aumentos automáticos nas farmácias e drogarias. Os índices divulgados na tabela definem o teto de preços dos medicamentos, ou seja, os preços podem ser menores, mas não maiores do que o máximo autorizado.

A entidade afirma que o reajuste é autorizado pela CMED (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos) e entra em vigor no dia 31 de março.

Caso a empresa comercializadora não entregue o relatório ou pratique reajustes acima do permitido, pode ser multada em quantias que variam de R$ 212 a R$ 3,2 milhões por infração.

Idec alerta para tentativa de fraudes após acordo sobre planos econômicos
Pouco mais de 48 horas depois de oficializada a assinatura do acordo entre a Advocacia-Geral da União (AGU), representantes de bancos e associações d...
Dólar fecha no maior valor em 5 meses após adiamento da reforma da Previdência
Em um dia de tensões no mercado de câmbio, o dólar fechou no maior valor em quase seis meses. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (14) vendi...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions