ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 32º

Economia

MS apresenta plano para dobrar a produção na “economia criativa”

Ideia é ampliar iniciativas em diferentes áreas e dobrar a importância na economia do Estado

Por Maristela Brunetto | 05/12/2023 07:20
Reuniões regionais ouviram diferentes setores envolvidos com a produção dentro do conceito de economia criativa (Foto: Divulgação/ Matheus Carvalho)
Reuniões regionais ouviram diferentes setores envolvidos com a produção dentro do conceito de economia criativa (Foto: Divulgação/ Matheus Carvalho)

Depois de reuniões em oito cidades, Mato Grosso do Sul conhece hoje o Plano MS+Criativo, apontado como o primeiro do País com foco no desenvolvimento de atividades ligadas ao conceito de economia criativa, que envolve cultura, tecnologia e economia. O desafio é dobrar o peso desse setor na economia estadual.

O plano será apresentado hoje, a partir de 17h, no auditório do Sebrae, um dos parceiros do projeto, junto com Sesc, Sesi e prefeituras municipais. O estudo envolveu reuniões em Corumbá, Naviraí, Ponta Porã, Rio Verde, Campo Grande, Bonito, Dourados e Três Lagoas, ouvindo artistas, criativos, artesãos, designers, pessoas ligadas à gastronomia, moda e tecnologia, arquitetura, fotografia, música e artes.

O governo criou uma superintendência voltada somente à essa área econômica, alocada na Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania). Coube a ela apresentar o conceito e os desafios, em busca das demandas nos seguintes eixos: capacitação, gestão, financiamento, ambiente criativo, mercado, inovação, questão legal, Rota Bioceânica e Pantanal.

O documento elaborado será enviado à Assembleia Legislativa para virar lei. “Nós queremos construir um plano que seja a cara do Mato Grosso do Sul, com as peculiaridades de cada região, para que isso possa realmente ser um plano que vai espelhar a nossa rica diversidade. A nossa meta é dobrar o PIB da economia criativa até 2026, que hoje no Estado é de 0,8, e transformá-lo em 1,6”, comentou o superintendente de Economia Criativa, Décio Coutinho.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias