ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 19º

Economia

MS receberá R$ 700 mil para programa de compra de alimentos para indígenas

Ao todo, o governo federal vai repassar R$ 40 milhões para 14 estados do país para aquisição de equipamentos

Por Gabriela Couto | 10/01/2024 15:55
Indígena com sementes nas mãos; estados ajudaram a mapear demandas e mobilizar populações indígenas a participarem do PAA (Foto: Divulgação: Funai / MPI)
Indígena com sementes nas mãos; estados ajudaram a mapear demandas e mobilizar populações indígenas a participarem do PAA (Foto: Divulgação: Funai / MPI)

O MDS (Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome) firmou parcerias com a Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas) e órgãos gestores do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) e irá repassar R$ 700 mil para Mato Grosso do Sul para fortalecer a capacidade das populações indígenas.

Em todo o país, 14 estados vão receber R$ 40 milhões para a compra de 104 veículos, entre caminhões, caminhonetes, utilitários e picapes com diferentes especificações. Também serão compradas 46 embarcações entre barcos e lanchas.

Além do recurso federal, haverá contrapartida do Estado, para a aquisição de um veículo utilitário para cargas acima de uma tonelada e um veículo de carga com carroceria baú e câmara fria.

Os meios de transporte vão garantir o escoamento da produção feita por indígenas e a entrega dos alimentos a outros integrantes desta população, que em sua maioria habitam regiões de difícil acesso.

A intenção é unir as duas pontas: comunidades que fornecem e comunidades que recebem os alimentos. Ou seja, os alimentos adquiridos da agricultura familiar e dos próprios indígenas, por meio do PAA, vão chegar às famílias indígenas que mais necessitam.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Novo PAA — Em 2023, o PAA ganhou "roupa nova". Mais de R$ 1 bilhão foram destinados para o programa, o maior volume de recursos destinados desde a sua criação, em valores nominais.

Por conceito, o programa compra de forma direta frutas, legumes, leite e hortaliças de agricultores familiares para doar a entidades socioassistenciais e equipamentos públicos que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional.

Os produtos chegam a creches, restaurantes comunitários, escolas públicas, instituições assistenciais e presídios, por exemplo.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias