A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/06/2013 15:53

Na véspera do Dia dos Namorados, vendas seguem devagar no comércio

Mariana Lopes
No setor de perfumaria as vendas ainda estão baixas (Foto: Cleber Gellio)No setor de perfumaria as vendas ainda estão baixas (Foto: Cleber Gellio)

Véspera do Dia dos Namorados e o movimento no comércio da região central de Campo Grande ainda é fraco. As vendas, segundo gerentes de lojas, estão abaixo do ano passado. Mas a expectativa é de que até amanhã o cenário melhore e as compras aumentem.

No setor de perfumaria, até a semana passada o movimento foi mais de pesquisa dos consumidores. Segundo a gerente do Boticário, da 14 de Julho, Raquel Casarim, as vendas mesmo começaram a aquecer ontem, mas ainda apresenta uma média de 9% abaixo do que a loja vendeu no mesmo período de 2012.

Roupas também estão na preferência dos consumidores, mas ainda assim o setor de vestuário corre para conseguir aumentar as vendas, que mesmo tendo subido aproximadamente 30% em relação à semana passada, mesmo assim está abaixo do esperado.

Segundo o gerente da Damyller do Centro, Leopoldo Daminelli, as vendas diminuíram cerca de 8% em relação à véspera do Dia dos Namorados do ano passado.

Em lojas de joias e bijuteria o movimento está um pouco melhor, mas ainda assim não superou a expectativa de vendas. Segundo a gerente da Maube da rua 14 de Julho, Eva Pereira de Souza, a esperança é de que amanhã seja melhor.

Rafael procura aliança para dar de presente para a namorada (Foto: Cleber Gellio)Rafael procura aliança para dar de presente para a namorada (Foto: Cleber Gellio)

“O Dia dos Namorados é quase o segundo Natal, as vendas são boas, mas as pessoas sempre deixam para comprar na véspera ou para o dia mesmo”, observa a gerente.

De acordo com ela, as alianças batem recorde de vendas. “Preparamos o estoque a partir do início de maio, e desde a semana passada estamos vendendo em média 30 pares de aliança por dia”, contabiliza a gerente.

Neste ranking, geralmente os homens vão à loja para comprar e garantir a surpresa na data comemorativa. Rafael de Alencar, 18 anos, estava na tarde de hoje escolhendo a aliança que irá dar à namorada amanhã.

Mesmo com apenas um mês de namoro, ele explica o motivo da preferência pelo anel. “Quero mostrar a ela que o namoro é sério, que não estou de brincadeira”, declara o jovem apaixonado. Mas o presente não irá sozinho, Rafael ainda programa dar flores e um ursinho de pelúcia.

Segundo a assessoria de imprensa da Associação Comercial de Campo Grande, a estimativa de venda é de 5,5% a 7,5% de aumento em relação ao ano passado. Porém, no Dia das Mães de 2013, quando a expectativa era a mesma, as vendas ficaram abaixo do esperado e não chegaram nem aos 5,5% de aumento.



Concordo com o carlo couto
 
Elder Lopes em 12/06/2013 09:21:16
A verdade é que a maioria dos namoros duram menos que as parcelas dos presentes!
 
carlo couto em 11/06/2013 16:53:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions