A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018

26/08/2011 12:25

“Não é possível que só 4 estados estejam certos”, diz André sobre ICMS

Marta Ferreira
 “Não é possível que só 4 estados estejam certos”, diz André sobre ICMS

O governador André Puccinelli (PMDB) reiterou nesta manhã a disposição de enfrentar uma batalha judicial longa para assegurar a repartição entre os estados de origem e de destino dos produtos comercializados na internet. Desde maio, está em vigor uma regra que exige a divisão do imposto e determina a retenção do produto quando o tributo não é recolhido para Mato Grosso do Sul.

As empresas do setor estão entrando na Justiça e, por enquanto, no Estado a vitória tem sido do Governo. Há, também, ações correndo no STF (Supremo Tribunal Federal), uma delas movida pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), questionando a medida.

É uma briga, segundo o governador, para pelo menos “dois ou três anos”.

“Não é possível que 4 estados estejam com a razão e os outros 23 estejam errados”, comentou Puccinelli, lembrando que só são contra a divisão do ICMS estados ricos como São Paulo, sedes dos grandes grupos de venda pela internet.

“Mais de 90% do comércio de Mato Grosso do Sul vem de São Paulo”, afirmou o governador. Ele argumenta que o Estado deve ficar com parte do imposto recolhido sobre os produtos que vem de fora.

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...


O Governador não esta errado qto a divisão do imposto,agora reter mercadoria em transportadora e prejudicar os Brasileirinhos que reside em. MS em ter pagar a compra sem receber o que comprou esta equivocado esta errado que procure alternativa para receber esse maldito imposto e como e IMPOSTO "na Marra"
 
Joao carlos em 26/08/2011 12:54:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions