A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

06/02/2015 12:50

Nova lei obriga empresas a estender novas promoções aos clientes antigos

Liana Feitosa
Empresas ficam obrigadas a estender benefícios de novas promoções a todos os clientes, inclusive os pré-existentes. (Foto: Marcelo Calazans)Empresas ficam obrigadas a estender benefícios de novas promoções a todos os clientes, inclusive os pré-existentes. (Foto: Marcelo Calazans)

Uma nova lei que beneficia o consumidor passa a valer em Mato Grosso do Sul: a partir do dia 5 de abril deste ano as empresas ficam obrigadas a estender benefícios de novas promoções a todos os clientes, inclusive os pré-existentes, e não apenas para atrair novos consumidores.

As mesmas vantagens oferecidas a novos clientes passam a valer, automaticamente, também para clientes pré-existentes de concessionárias de serviço telefônico, de energia elétrica, água, gás e outros serviços essenciais, operadoras de TV por assinatura, provedores de internet e até mesmo escolas particulares.

O tatuador Alexander Galvão, de 26 anos, já teve vários problemas com prestadoras de serviços contínuos. Por três vezes, ele precisou recorrer a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) para ver valer seus direitos de consumidor.

Propaganda enganosa - "Eles (as empresas) manipulam a gente porque nos oferecem vantagens para comprar e, muitas vezes, um mês depois de contratarmos o serviço, lançam uma promoção muito superior àquela que ofereceram inicialmente, mas sem te dar a oportunidade de aderir porque só vale para novos clientes", analisa.

Tatuador Alexander Galvão já teve vários problemas com prestadoras de serviços contínuo. (Foto: Marcelo Calazans)Tatuador Alexander Galvão já teve vários problemas com prestadoras de serviços contínuo. (Foto: Marcelo Calazans)

Com uma das empresas, depois de tentar negociar por diversas vezes, acabou "vencido pelo cansaço" e deixou não só de usar os serviços, como de pagar por eles. "Ninguém resolvia o problema. Entrei em contato com a empresa e com a Anatel várias vezes, mas ninguém assumia a questão, até que desisti do serviço", conta.

Para a professora Cinthia Albuquerque, 26 anos, a nova lei é uma notícia muito boa, pois dá ao consumidor a chance de ter menos dores de cabeça e, ainda, economizar. "Trabalhei com venda de pacotes de internet e os novos clientes sempre tinham mais benefícios do que aqueles que eram clientes há muito tempo, anos mesmo", compartilha.

Penalidades - A lei nº 4.647, aprovada e publicada no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (5), garante que o fornecedor de serviço que não cumprir a regra ficará sujeito a multa de 10 a 1.000 Uferms (Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul) para cada cliente anterior à promoção não beneficiado pela promoção lançada.

Além disso, em caso de reincidência, a empresa fica sujeita à multa em dobro e suspensão da inscrição estadual.

Agências do BB abrirão uma hora mais cedo para saques do Pasep
As pessoas com mais de 70 anos beneficiadas com o saque das cotas do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão ir mais c...
Águas Guariroba consta pela 2ª vez entre 150 melhores para se trabalhar no País
Pela segunda vez, a concessionária Águas Guariroba, responsável pelo saneamento básico em Campo Grande, está relacionada entre as 150 melhores  empre...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions