A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/07/2011 16:36

Oito milhões de brasileiros pagarão mais caro pelos planos de saúde

Alana Gandra, da Agência Brasil

Os planos de saúde de 8 milhões de brasileiros, que correspondem a 17% dos consumidores de planos de assistência médica existentes no Brasil, sofrerão reajuste de 7,69%.

A medida foi anunciada hoje (8) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e se refere aos contratos de planos de saúde médico-hospitalares individuais ou familiares feitos a partir de janeiro de 1999 ou àqueles adaptados à Lei nº 9.656/98, que dispõe sobre os planos e seguros privados de assistência à saúde.

Segundo a ANS, o reajuste será aplicado aos contratos com aniversário entre maio de 2011 e abril de 2012. Isso significa que alguns consumidores terão de pagar o valor retroativo, se houver defasagem máxima de quatro meses, explicou a agência.

A ANS alerta os consumidores para que verifiquem se o percentual e o valor do aumento estão informados de forma correta nos boletos. Do mesmo modo, devem observar se há cobranças retroativas a partir de maio deste ano.

As dúvidas poderão ser esclarecidas na ANS, pelo telefone gratuito 0800 7019656 ou na página da agência na internet (www.ans.gov.br). O consumidor pode também recorrer a um dos 12 núcleos da agência existentes no país.

A ANS adverte, ainda, que o consumidor ou seu dependente que passar de faixa etária no plano de saúde poderá ter dois reajustes, caso o aniversário do plano coincida com essa mudança.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


E o aumento do salário mínimo... já era a muito tempo. Se juntarem todos os aumentos dados a partir da data dada do aumento do salário mínimo, verão que somará mais de mais de 45% sobre o salário mínimo (água, luz, telefone, mantimentos, aluguel, etc... etc...) e como o próprio nome diz,.. e continuará sendo "mínimo". Mais isso tudo é bom. Com isso mesmo sofrendo os aumentos, verei esse povo que votou e que estão reclamando. Estão colhendo o que plantaram.
 
Marcelo Max em 08/07/2011 10:57:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions