A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018

10/03/2018 08:10

Oscilação no preço da gasolina faz consumidor caçar posto mais barato

Clientes ainda usam aplicativos para comprar o produto com preços ainda mias baixos

Ricardo Campos Jr.
Levantamento mais recente da ANP, feito entre os dias 25 de fevereiro e 3 de março, revelou que a média da gasolina na cidade era de R$ 4,095 (Foto: Marcos Ermínio).Levantamento mais recente da ANP, feito entre os dias 25 de fevereiro e 3 de março, revelou que a média da gasolina na cidade era de R$ 4,095 (Foto: Marcos Ermínio).

Com a oscilação no preço da gasolina em Campo Grande, motoristas estão caçando os postos com preços mais baixos e apelando para aplicativos de que dão descontos ou que geram créditos para abastecer o carro. O combustível chega a custar R$ 4,30 e pode chegar a R$ 3,69 em alguns lugares da cidade.

A família do estudante Heron Ferraz, 25 anos, tem dois carros, mas como os locais de trabalho de todos são em pontos opostos da cidade, não tem como deixar um dos veículos na garagem para economizar. “O que nós tentamos fazer é economizar procurando os postos mais baratos”, afirma.

“O preço da gasolina está um absurdo. Muito caro, mas fazer o quê? Temos que trabalhar e abastecer”, disse a dona de casa Lídia Marta, 62 anos. Ela diz que a melhor forma de o combustível não pesar no bolso é aproveitar as promoções e os preços mais baixos. “Com certeza tem que caçar”, opina.

A corretora Lizandra Becker, 40 anos, arranjou uma forma de transformar os gastos com o cartão em gasolina com o aplicativo B Blue. Ele gera um crédito que pode ser usado nos postos.

“O aplicativo só uso para abastecer. Não tenho como diminuir, só tenho um carro mesmo e ando para cima e para baixo”, disse ao Campo Grande News.

Já o segurança Edson Lacerda, 49 anos, diz que o único jeito de economizar na gasolina é correr atrás dos postos com preços mais baixos. “Se eu vejo um com a gasolina mais barata, paro para abastecer. Essa é a melhor forma”, completa.

Variação – A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível) faz uma pesquisa todas as semanas percorrendo vários postos em Campo Grande e outras cidades no interior do estado anotando os preços.

O levantamento feito entre os dias 25 de fevereiro e 3 de março revelou que a média da gasolina na cidade era de R$ 4,095.

Contudo, em razão de fatores como a distribuidora e a concorrência, em algumas empresas o produto chegou a ser encontrado por R$ 4,299, enquanto o valor mínimo apurado pelo órgão nesse período foi de R$ 4,039.

Petrobras reajusta hoje preço médio da gasolina e do diesel nas refinarias
A Petrobras reajustou hoje (20) o preço médio do litro da gasolina e do diesel nas refinarias e terminais do Brasil, sem incluir os tributos. O preço...
Petrobras anuncia mudanças na divulgação do preço da gasolina e do diesel
Para dar mais transparência à composição do preço final dos combustíveis, a partir de hoje (19) a Petrobras passa a divulgar o preço médio do litro d...
Receita diz que um milhão de empresas já aderiram ao eSocial
Em processo de implantação desde o início do ano, a adesão ao eSocial já conta com o registro de um milhão de empregadores do país. Esse número foi a...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions