A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/10/2017 16:15

Pagamento de salários e Dia das Crianças devem movimentar comércio na Capital

Osvaldo Júnior
Lojas de brinquedos devem ter movimento maior a partir deste fim de semana (Foto: Arquivo)Lojas de brinquedos devem ter movimento maior a partir deste fim de semana (Foto: Arquivo)

O comércio da Capital deve ter movimento intenso a partir deste fim de semana, devido ao pagamento de funcionários públicos e de empresas privadas e à proximidade do Dia das Crianças. Pesquisa encomendada pela ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) mostra que 97% dos consumidores pretendem presentear alguma criança neste ano.

“O Dia das Crianças é uma das datas mais esperadas pelo comércio”, enfatiza o presidente da ACICG, João Carlos Polidoro. “Nossa expectativa é que as lojas do centro, dos shoppings e dos bairros recebam grande movimento neste fim de semana não só pela proximidade da data, mas também por ser o primeiro fim de semana após o pagamento dos salários”, acrescenta.

Conforme a pesquisa, realizada pelo Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande, dos entrevistas que irão presentear alguma criança, 64% planejam comprar em lojas do centro. Com relação ao valor, 66% disseram que vão gastar por presente acima de R$100,00. O levantamento mostra, ainda, que 60% dos entrevistados devem comprar mais de um presente.

“Os consumidores que optaram por um presente gastarão em torno de R$ 88,00; os que comprarão até dois itens destinarão até R$ 129,00 e os que comprarão até três presentes investirão até R$ 165,00, Quem sinalizou até quatro unidades deve investir até R$ 189,00 e os consumidores que citaram comprar até cinco presentes irão gastar até R$ 211,00”, detalhou a coordenadora do curso de Administração da Anhanguera Michelle Rosa.

O estudo ainda indica que 56% dos consumidores devem comprar à vista. Na lista de opções de presentes, brinquedos são a alternativa favorita de 52% dos entrevistados, seguida de roupas (28%), calçados (13%), e eletrônicos (3%).

Impostos – Quem optar por presentes eletrônicos deve preparar o bolso, pois mais de 70% do valor de alguns itens dessa categoria, como videogames e também jogos e consoles (72,18%) é composto de impostos.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), o segundo presente com mais impostos é o tênis importado (58,59%). Em terceiro lugar estão empatados patins, skate e patinete, todos com 52,78%.

Apesar da carga tributária, o presidente da ACICG é otimista em relação ao movimento no comércio. “Mesmo pagando os maiores impostos do mundo, o brasileiro não poupa esforços para agradar aqueles que ele ama”, comenta.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions