A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

17/01/2017 13:23

Pesquisa aponta alta de 16,47% na cesta básica familiar em 2016

Ricardo Campos Jr.
Cebola foi o item da cesta básica analisada pelo Governo que mais teve alta (Foto: divulgação)Cebola foi o item da cesta básica analisada pelo Governo que mais teve alta (Foto: divulgação)

Levantamento da Semade (Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico) aponta alta de 16,47% na cesta básica familiar durante o ano de 2016. O cálculo é feito com base em uma lista de 44 produtos, entre alimentos, limpeza e higiene; em quantidade suficiente para uma família de cinco pessoas.

Entre os valores desses insumos, 21 subiram, 20 caíram e três não tiveram alteração em dezembro. A soma dos valores de todos os itens no mês passado, levando em conta as proporções, foi de R$ 1.768,33.

Conforme assessoria de imprensa do órgão, a maioria dos produtos avaliados corresponde à alimentação (32). O grupo teve queda de 0,18% puxada pela redução nos preços da abobrinha (-11,33%), em razão do aumento no estoque pelo período de safra ; batata (-7,87%); feijão (-7,57%); queijo (-7,07%); tomate (-5,65%); leite (-4,02%), em função de boas condições climáticas no campo, que resultaram em condições adequadas de produção; cenoura (-2,87%); arroz (-2,77%); ovos (-2,50%) e fubá (-2,37%).

Entretanto, outros itens apresentaram alta, como a cebola (13,20%), em razão da queda no volume ofertado no fim da safra; mandioca (13,09%) pela queda no volume do produto em época de entressafra; óleo (12,75%); couve (7,08%); alface (6,03%); peixe (5,10%); açúcar (4,11 %); café (3,27%) e sal (3,14%).

Os sete produtos de limpeza pesquisados tiveram, juntos, alta de 1,28% principalmente pela cera em pasta (4,43%), detergente (0,61%), sabão em pó (0,52%). Ficaram mais baratos o desinfetante )-1,92%) e água sanitária (-0,40%).

Já o grupo higiene pessoal teve alta de 1,12%, segundo a Semade, pela alta do papel higiênico (3,96%), dentifrício (3,77%) e lâmina de barbear (0,19%). Sabonete (-1,94%) e absorvente (-1,09%) tiveram queda.

A cesta básica comprometeu 40,19% do valor total da renda de uma família cujos rendimentos sejam de cinco salários mínimos (R$ 4,4 mil), considerada pelo Governo. Em novembro do ano passado, o comprometimento foi de 40,23%.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions