ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 19º

Economia

Portaria cria programa para fortalecer municípios de fronteira em MS

Meta é criar oportunidades para melhorar a infraestrutura urbana em regiões mais distantes

Por Silvia Frias | 10/07/2024 07:02
Programa inclui cidades gêmeas, como as localizadas na fronteira com Bolívia (Foto/Arquivo)
Programa inclui cidades gêmeas, como as localizadas na fronteira com Bolívia (Foto/Arquivo)

Portaria do Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional estabelece o PFI (Programa Fronteira Integrada), que tem como uma das áreas prioritárias as regiões fronteiriças com Mato Grosso do Sul. A meta é criar oportunidades para melhorar a infraestrutura urbana e gerar renda à população que vive em regiões mais afastadas.

A portaria foi publicada hoje no Diário Oficial da União, assinada pelo ministro Antonio Waldez Góes da Silva.

Nela, constam os estados prioritários, sendo citados o arco de fronteira central, que inclui MS, MT e RO e as cidades gêmeas no Brasil. Aqui no Estado, Bela Vista, Corumbá, Mundo Novo, Paranhos, Ponta Porã, Coronel Sapucaia e Porto Murtinho têm esse status, que são aquelas cortadas pela linha de fronteira e que apresentam potencial de integração econômica, social e cultural com cidades do país vizinho.

Para fins de execução das ações previstas a partir do PFI, os órgãos públicos e privados envolvidos poderão firmar contratos, convênios ou acordos de cooperação. As possíveis fontes de financiamento são orçamento geral da União e o FCO (Fundo Constitucional do Centro-Oeste), este, no caso de MS.

O Mato Grosso do Sul já integra o programa desde 2020, tendo a inclusão renovada com as portarias atualizadas.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias