ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 17º

Economia

Prazo termina em oito dias e 128 mil ainda não declararam Imposto de Renda

Receita Federal espera que até dia 31 de maio, 478 mil contribuintes de MS entreguem a declaração

Por Ana Paula Chuva | 23/05/2022 15:01
Fachada da Receita Federal em Campo Grande. (Foto: Arquivo)
Fachada da Receita Federal em Campo Grande. (Foto: Arquivo)

O prazo para entregar a declaração do IRPF (Imposto de Renda de Pessoa Física) termina no dia 31 de maio e em Mato Grosso do Sul, 128 mil contribuintes ainda não entregaram a documentação até a tarde desta segunda-feira (23).

Conforme a Receita Federal em MS, até a tarde de hoje, foram entregues 350 mil declarações, número que representa 74% das 478 mil que são esperadas até o final deste mês.

A Receita reforça o alerta sobre a existência de e-mails falsos e pede que os contribuintes redobrem a atenção nos últimos dias do prazo de entrega. O órgão esclarece que não envia link e nem mensagem sem autorização do contribuinte. Orienta que as pessoas não deixem para declarar na última hora.

Além do congestionamento do sistema de recebimento do documento, o declarante pode enfrentar lentidão da internet ou a falta de energia. Reitera que o prazo em Mato Grosso do Sul termina às 22h59 do dia 31, uma hora a menos em relação a Brasília.

Consulta - A partir das 10 horas (horário de Brasília) desta terça-feira (24), o primeiro lote de restituição do IRPF 2022 estará disponível para consulta. Esse lote contempla também restituições residuais de exercícios anteriores. A informação foi repassada pela assessoria de comunicação da Receita Federal na manhã desta segunda-feira.

Ao todo, serão contemplados 3.383.969 contribuintes. O valor total do crédito é de R$ 6,3 bilhões. Todo este valor será destinado a contribuintes que têm prioridade legal, sendo 226.934 contribuintes idosos acima de 80 anos, 2.305.412 contribuintes entre 60 e 79 anos, 149.016 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 702.607 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Nos siga no Google Notícias