A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

06/02/2017 11:57

Preço cai 3,63% em janeiro e cesta básica fica R$ 14,81 mais barata

Priscilla Peres
Tendência é de alta no preço do café em 2017. (Foto: Arquivo Campo Grande News)Tendência é de alta no preço do café em 2017. (Foto: Arquivo Campo Grande News)

A cesta básica de Campo Grande ficou 3,63% mais barata em janeiro. A retração no preço é a quarta maior do país, de acordo com o Dieese MS (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos). Terminou o mês custando R$ 393,25, o que significa R$ 14,81 mais barato.

Em um ano, entre janeiro de 2016 e 2017, a cesta da Capital ficou 4,69% mais barata. Na pratica significa que em um ano, o consumidor passou a economizar R$ 19,36 nas compras básicas mensais.

Em janeiro, dos 13 itens pesquisados apenas quatro tiveram alta nos preços. O óleo foi o que mais encareceu no período (13,79%), seguido pelo café (5,16%), açúcar (4,64%) e tomate (0,36%). O preço arroz se manteve totalmente estável.

Entre os oito que tiveram queda nos preços, destaque para a batata que ficou 27% mais barata. O feijão teve deflação de 12,5%, seguido da farinha (3,39%), carne (3,23%), pão (3,32%), banana (2,95%), manteiga (0,74%) e leite (0,30%).

Para o ano, a tendência é que o café fique mais caro, devido a menor oferta de grãos no mercado. O aumento do preço do óleo é explicado pela elevação da demanda mundial e a destinação de parte da produção brasileira, para a fabricação de biocombustíveis.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions