A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/10/2016 11:10

Preço da batata e feijão cai e cesta básica fica mais barata em setembro

Priscilla Peres
(Foto: Alcides Neto)(Foto: Alcides Neto)

A Cesta Básica de Campo Grande ficou mais barata em setembro. A redução de 1,95% no valor, foi a terceira maior do país. Oito produtos tiveram queda nos preços, mas a batata, o feijão e o tomate foram os principais.

De acordo com os dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), em setembro, a cesta básica da Capital custou R$ 432,27 aos consumidores, acumulando alta de 11,28% no ano. Porém, após três meses de alta, preço total caiu R$ 8,59 entre agosto e setembro.

Só a batata ficou 24,22% mais barata no mês passado, seguida do tomate que teve retração de 9,60% no preço, ambos devido as condições climáticas. Finalmente, o preço do feijão começou a baixar, caindo 9,20% em setembro, graças ao início da colheita.

Além dos três, o arroz (6,37%), leite (5%), farinha (2,63%), pão (0,82%) e açúcar (0,39%) também tiveram redução nos preços em setembro. Enquanto que dos 13 pesquisados, apenas cinco produtos ficaram mais caros.

A banana 10,70% foi o principal em aumento dos preços, seguido pela carne (1,60%), manteiga (1,16%), café (0,91%) e óleo (0,26%).

Para adquirir a cesta básica familiar o trabalhador campo-grandense precisou desembolsar R$ 1.296,81, redução em R$ 25,77 na comparação com o mês anterior. E salário mínimo necessário para família de quatro pessoas, segundo o Dieese, deveria ser de R$ 4.013,08, ou 4,56 vezes o mínimo de R$ 880.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions