A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

26/07/2019 07:39

Presentear pai pode custar o dobro de uma loja para outra, aponta Procon

Pesquisa para o Dia dos Pais foi feita entre 15 e 23 de julho em 20 comércios de Campo Grande

Anahi Zurutuza
Vendedor a espera de cliente duranta campanha do comércio para o Dia dos Pais (Foto: Alcides Neto/Arquivo)Vendedor a espera de cliente duranta campanha do comércio para o Dia dos Pais (Foto: Alcides Neto/Arquivo)

Comprar um relógio para presentear o pai no dia 11 de agosto pode custar o dobro de uma loja para a outra. A pesquisa de Dia dos Pais do Procon-MS (Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor de Mato Grosso do Sul) aponta variação de 112,96% na compra do produto em Campo Grande.

O levantamento foi feito entre os dias 15 e 23 de julho em 20 comércios de Campo Grande.
Conforme a pesquisa, um relógio Séculos com pulseira de metal pode custar R$ 169 em uma loja de departamentos, enquanto o mesmo produto custa R$ 359,90 em outro estabelecimento da mesma categoria. Variação de 106% – de R$ 169 para R$ 349,99 – foi encontrada no preço de relógio Mormaii com pulseira de borracha. O primeiro está mais barato na C&A e o segundo na Renner.

Quem optar por presentear o pai com perfumes pode gastar até 18% pelo mesmo frasco. É o caso de 100 ml da fragrância Hugo Boss Bottled Untld, que custa R$ 469,90 na Riachuelo e R$ 557 na loja Anne Gachet.

O Procon também foi atrás dos preços das camisas de time e encontrou variação de até 38,34%, diferença entre os R$ 179,99 cobrados pela camiseta do Paris Saint Germain na Centauro e os R$ 249,90 que pagarão os clientes que forem à Planeta Esportes.

Veja a pesquisa completa nos arquivos:

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions