ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 22º

Economia

Produtores vencem duelo e comissão que tira poder da Funai é instalada

Por Lidiane Kober | 11/12/2013 18:58

Produtores rurais saíram vitoriosos de duelo com os indígenas na briga pela instalação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 215, que tira da Funai (Fundação Nacional do Índio) e dá ao Legislativo poder decisório na demarcação de terras.

Na tarde desta quarta-feira (11), cerca de 100 fazendeiros sul-mato-grossenses assistiram, em Brasília, a Câmara dos Deputados definir os integrantes da comissão, que analisará a PEC.

A presidência ficou, por acordo, com o ex-ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence (PT-BA), e a relatoria com o peemedebista Osmar Serraglio (PR), ex-relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Correios, de 2005.

A segurança foi reforçada para evitar o confronto entre produtores rurais e índios. Produtores vestiam camisas com os dizeres "Onde tem Justiça tem espaço para todos" e os índios traziam cartazes pedindo respeitos aos povos nativos.

“O poder de legislar é do Legislativo, acredito que os parlamentares vão mudar as normas e acabar com esse clima de conflito”, avaliou o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Chico Maia, que foi à Brasília acompanhar de perto o debate.

Agora, ele alerta sobre o risco de as invasões aumentarem como protesto dos índios à instalação da comissão para avaliar a PEC. “O governo está ciente do perigo e precisa fazer valer a força do Estado”, comentou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário