ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 25º

Economia

Programas de eficiência energética tiveram investimento de R$ 14,2 mi em MS

Energisa investiu R$ 223 mil em novos sistemas de condicionamento de ar e iluminação no fórum de Corumbá

Por Rosana Siqueira | 07/12/2019 10:49
Programa ajuda a reduzir custos nas autarquias e garantem maior eficiência no consumo
Programa ajuda a reduzir custos nas autarquias e garantem maior eficiência no consumo

A Energisa implementou este ano 62 projetos do Programa de Eficiência Energética em Mato Grosso do Sul com investimentos de R$ 14,2 milhões. Na manhã de hoje (06) a empresa entregou mais um destes projetos realizado em parceria com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul o projeto de Eficiência Energética do Fórum da Comarca de Corumbá. A concessionária investiu R$ 223 mil em novos sistemas de condicionamento de ar e iluminação, prevendo economia de 18% no consumo de energia no prédio.

“Com um olhar voltado para o desenvolvimento local, investimos mais de R$ 62 milhões em projetos de Eficiência Energética nos últimos cinco anos. Buscamos destinar esses recursos para instituições que precisam, e as próximas beneficiadas são a Delegacia da Polícia Federal e o Hospital de Corumbá”, ressaltou Marcelo Vinhaes, diretor-presidente da Energisa.
No local, foram instalados 31 condicionadores de ar tecnologia ‘inverter’, gerando mais eficiência e redução do consumo; e substituídas 1.575 lâmpadas convencionais por lâmpadas LED, ou seja, mais econômicas.

“A Energisa é uma das empresas mais importantes para o desenvolvimento do estado e a parceria demonstra que estamos atentos para nos tornarmos mais eficientes e manter o atributo da modernidade e da vanguarda em nossos espaços”, afirmou Paschoal Carmello Leandro, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

O engenheiro especialista em Eficiência Energética, Emerson Rivelino Nantes Alves, explica que “essas iniciativas servem de modelos para outros consumidores e preparam as organizações para um uso mais responsável da energia elétrica”, destacou.

O projeto faz parte do Programa de Eficiência Energética da Energisa Mato Grosso do Sul, que segue as normas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O programa atende as exigências legais das concessionárias de investir em eficiência energética, pesquisa e desenvolvimento, em linhas que atendam setores como a população de baixa renda e o poder público, de forma a beneficiar o maior número de pessoas possíveis.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário