ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 33º

Economia

Projeto prevê incentivos para ampliar produção de orgânicos em MS

Intenção é melhorar as condições para quem faz produção sustentável, sem uso de agrotóxico

Por Leonardo Rocha | 30/04/2018 09:45
Deputado João Grandão (PT), autor do projeto, junto com Amarildo Cruz (PT) e Cabo Almi (PT), durante sessão (Foto: Luciana Nassar/ALMS)
Deputado João Grandão (PT), autor do projeto, junto com Amarildo Cruz (PT) e Cabo Almi (PT), durante sessão (Foto: Luciana Nassar/ALMS)

O projeto do deputado João Grandão (PT) prevê incentivos para ampliar e dar melhores condições a produção orgânica e agroecológica em Mato Grosso do Sul, que seja feita por agricultores familiares e urbanos, comunidades indígena, tradicionais ou quilombolas.

A proposta destaca que caberá ao governo propor medidas de incentivo a esta forma de produção, com gastos que sejam incluídos no orçamento estadual. O autor alega que o Brasil é considerado desde 2008 um dos maiores consumidores de agrotóxico do mundo, tendo Mato Grosso do Sul uma parcela deste comércio.

Por esta razão, defende que haja mais incentivos para quem produz “sem agressão” aos trabalhadores da lavoura, meio ambiente e consumidores. Ainda se define que a chamada “produção agroecológica” é aquela economicamente viável, mas que seja ecologicamente sustentável, com formas de produção orgânica ou outros modelos neste sentido.

“Os produtos orgânicos chegam aos centros consumidores por um preço que não agrada nem aos produtores, nem aos consumidores, acabando por encarecer nas escalas intermediárias de comércio”, justifica o deputado. O projeto segue para as comissões da Assembleia, para depois ser votado em plenário.