A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Novembro de 2018

15/12/2017 09:26

Receita Federal paga R$ 43 milhões no último lote do Imposto de Renda em MS

Valor fica disponível para saque por um ano, para mais de 30 mil contribuintes beneficiados no Estado

Liniker Ribeiro

A Receita Federal paga nesta sexta-feira (15) o último lote do IRPF (Imposto sobre a Renda da Pessoa Física), de 2017, que contempla 30.300 contribuintes em Mato Grosso do Sul. Serão liberados pouco mais de R$ 43,6 mil, para restituições no Estado.


Consulta ao sétimo e último lote de restituição está liberada dede o dia 8 de dezembro e pode ser feita pela página da Receita da internet ou pelo número 146. De acordo com a Receita Federal, o lote de restituições contempla ainda restituições residuais entre os anos de 2009 e 2016 –envolvendo, por exemplo, contribuintes que tiveram as devoluções retidas por caírem na “malha filha”.


Valor da restituição fica à disposição do contribuinte por um ano. Se, nesse prazo, não for feito o resgate, a liberação precisará ser requisitada pela internet, com o preenchimento do formulário eletrônico de Pedido de Pagamento de Restituição, ou no e-CAC (no serviço “Extrato do Processamento da DIRPF).


Caso o contribuinte seja informado da liberação do lote, mas o pagamento não for creditado, ele poderá entrar em contato pessoalmente nas agências do Banco do Brasil ou, por telefone, pelos números 4001-0001 (para capitais) ou 0800-729-0001 (para demais localidades) e 0800-729-0088 (especialmente para deficientes auditivos), e agendar o crédito em seu nome em qualquer banco.


Na consulta ao serviço e-CAC, na página da Receita, é possível também acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar quais foram os problemas apontados e fazer a autorregularização, por meio do preenchimento e entrega de declaração retificadora.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions