A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 26 de Maio de 2018

26/12/2008 19:53

Redução de IPI desvaloriza carros usados e venda cai

Redação

A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos carros novos, promovida pelo governo federal, com o objetivo de amenizar os efeitos da crise financeira internacional no setor automotivo, resultou em uma desvalorização dos carros usados. Em Brasília, o setor já demitiu 10% dos funcionários.

"Notamos uma diminuição no número de negócios realizados. Isso causou um impacto negativo, que influenciou na desvalorização dos nossos estoques. Compramos carros com preços superiores aos atuais e, com a baixa, tivemos de vender algumas unidades por valores inferiores aos pagos. A conseqüência foi a demissão de 10% dos funcionários que atuavam nas revendedoras em Brasília", informou o vice-presidente da Associação dos Revendedores de Veículos do Distrito Federal (Agenciauto), Maurício Mustefaga.

Entre setembro e novembro, foi detectada uma queda de 25% no número de negócios realizados com carros usados. "Mas em dezembro a situação melhorou e conseguimos recuperar parte do que havíamos perdido. Atualmente estamos com uma queda de apenas 15%, acumulada desde setembro", disse o vice-presidente da Agenciauto. "A diminuição dos preços resultou em um aumento do número de negócios", completou.

Mustefaga apontou a dificuldade de aprovação de crédito, como o maior problema para o setor de revenda de veículos usados. "Se fosse para comprar à vista, até valeria à pena comprar um usado", disse o servidor público Wesley Peixoto, pouco antes de desistir da compra de um semi-novo na Cidade do Automóvel

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions