A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

08/07/2019 16:10

Restituição do IR deste mês soma R$ 92 milhões e contempla 51 mil em MS

Segundo lote do Imposto de Renda teve consulta liberada nesta segunda-feira; crédito cai nas contas em 15 de julho

Humberto Marques
Dados da Receita em MS apontam para mais de 51 mil contribuintes contemplados no segundo lote de restituição do IR. (Foto: Arquivo)Dados da Receita em MS apontam para mais de 51 mil contribuintes contemplados no segundo lote de restituição do IR. (Foto: Arquivo)

Liberado para consulta às 8h (de MS) desta segunda-feira (8), o segundo lote de restituição do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) de 2019 conta com 51.255 contribuintes de Mato Grosso do Sul. Contemplando ainda pagamentos residuais de 2009 e de 2011 a 2018, serão pagos no Estado um total de R$ 92.692.413,13 a partir de 15 de julho.

Os dados das restituições foram divulgados pela Delegacia Regional da Receita Federal em Mato Grosso do Sul. A consulta quanto a inclusão dos contribuintes nos lotes de restituição pode ser feita a partir do site do órgão federal –em http://idg.receita.fazenda.gov.br ou por meio do telefone 146 (Receitafone).

Pela internet, acessando o serviço e-CAC, o contribuinte pode acessar o extrato da declaração e verificar inconsistências de dados no processamento, corrigindo-as mediante declaração retificadora.

Nacionalmente, a restituição do IRPF a ser paga no dia 15 inclui 3,07 milhões de contribuintes, em um total de R$ 4,72 bilhões em desembolsos do segundo lote. Serão pagos, ainda, R$ 280,6 milhões a 90.449 contribuintes que caíram na malha fina entre 2008 e 2018 –fazendo as cifras a serem restituídas atingirem R$ 5 bilhões.

As restituições terão correção de 2,01%, para o lote de 2019, a 110,29% para o de 2008, sempre com base na taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a data de entrega da declaração até este mês.

A restituição do IRPF fica disponível no banco por um ano. Caso não seja feito o resgate no prazo, deve ser feita solicitação via formulário eletrônico (Pedido de Pagamento de Restituição) ou pelo e-CAC, no serviço Extrato de Processamento da Dirf. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte pode agendar o resgate pessoalmente nas agências do Banco do Brasil ou fazer a solicitação pelos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (para deficientes auditivos) para agendar o crédito.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions