A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

15/02/2017 06:36

Restituição residual será creditada hoje para 1,5 mil contribuintes de MS

Priscilla Peres

A Receita Federal deposita hoje (15), R$ 2,4 milhões em restituições residuais do Imposto de Renda a 1.506 contribuintes de Mato Grosso do Sul. O lote é referente aos exercícios de 2010 a 2015 e será creditado em conta bancária.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano e se nesse período o saque não for feito, o contribuinte deverá requer a liberação por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Se o valor não for depositado, o beneficiário deverá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Liberação - Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar, diretamente nas bases da Receita Federal, informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Preço do GLP industrial terá aumento de 5% a partir desta quinta
A Petrobras vai reajustar em 5% o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) industrial e comercial às distribuidoras, a partir de amanhã (20). O Sindicato Nac...
BC mantém juros básicos em 6,5% ao ano pela quarta vez seguida
Pela quarta vez seguida, o BC (Banco Central) não alterou os juros básicos da economia. Por unanimidade, o Copom (Comitê de Política Monetária) mante...
Dólar opera em queda e fecha cotado a R$ 4,12 para venda
A cotação do dólar fechou o pregão desta quarta-feira (19) em baixa de 0,43%, cotada a R$ 4,1242 para venda. O Banco Central manteve a política tradi...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions