A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

14/08/2008 17:35

Salário do sul-mato-grossense cresceu 25,6% em 5 anos

Redação

O salário médio do trabalhador sul-mato-grossense cresceu 25,6% nos últimos cinco anos, conforme dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O crescimento ficou acima da média nacional no período, que chegou a 22,36%.

De acordo com os dados do Caged, Mato Grosso do Sul paga, em média, R$ 601 para admissão. O valor coloca o Estado em 11º lugar no ranking do salário médio por admissão. O primeiro lugar ficou com São Paulo, com R$ 818,09, seguido pelo Rio de Janeiro, com R$ 792, 60.

No País, a média paga para admissão saltou de R$ 568,88, em 2003, para 696,10, neste ano. Mesmo com o aumento do salário médio pago ao trabalhador, as mulheres continuam recebendo menos que os homens. Em Mato Grosso do Sul, essa diferença chega a R$ 86,38. Enquanto os homens ganham R$ 630,26, em média, as mulheres recebem R$ 543,88. A diferença nacional é maior, chega a R$ 82,7, considerando que os trabalhadores do sexo masculino recebem R$ 723,66 e feminino R$ 640,96.

Conforme o Ministério do Trabalho, a elevação ocorre, em especial, por conta do aumento do salário mínimo, que hoje é de R$ 415. A pesquisa do Caged informa que nos primeiros semestres de 2007 e 2008, em termos de escolaridade, houve ganhos reais para homens em mulheres em todas as faixas, principalmente naquelas com menor nível de instrução: 5º ano completo do ensino fundamental (6,55%), analfabetos (6,10%) e até o 5º ano incompleto do ensino fundamental (5,02%).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions