A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/11/2013 13:44

Secretário admite que errou em projeto de orçamento e promete correções

Kleber Clajus
Wanderley Ben Hur assumiu responsabilidade por erros e se comprometeu a corrigi-los (Foto: Marcos Ermínio)Wanderley Ben Hur assumiu responsabilidade por erros e se comprometeu a corrigi-los (Foto: Marcos Ermínio)

O secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Wanderley Ben Hur, admitiu, nesta segunda-feira (18), que a pasta cometeu falhas no projeto encaminhado à Câmara Municipal de Campo Grande com relação à LOA (Lei Orçamentária Anual) e ao PPA (Plano Plurianual). Ele participa hoje de audiência pública sobre o tema, às 18h, no Plenário Edroim Reverdito.

“Estamos conscientes de que houve erros. Tecnicamente não fui eu que fiz, mas assumo a responsabilidade. Vamos fazer a análise dos pontos que devem ser apresentados na audiência e acatá-los”, disse Ben Hur ao Campo Grande News.

Um dos erros apontados pela Comissão Permanente de Orçamento e Finanças da Câmara é a concentração da reserva de contingência apenas na Semed (Secretaria Municipal de Educação). Neste caso, o secretário admite que “determinadas locações foram colocadas em outras secretarias e a proposta orçamentária teve esses erros”.

A vereadora Grazielle Machado (PR) lembra que na lista de imperfeições também estão listados anexos ausentes, projetos não previstos para ocorrer ao longo do ano e valores divergentes, como o que ocorreu entre os anexos 7 e 8. No último caso, o demonstrativo de investimentos do anexo 7, previsto em R$ 1.844.324.672, diverge do ponto em que é citada a origem do recurso, totalizando R$ 2,990 bilhões. A diferença é de R$ 1.145.675.328.

Ben Hur lembra que mesmo com as falhas, antes de se converter em lei, a proposta “precisa passar por discussão política e técnica”. Ele também disse que hoje pretende ouvir que correções serão necessárias no Orçamento e o PPA.

Correções – De acordo com Grazielle, “a irresponsabilidade do Executivo deve ser corrigida por ele mesmo através de emendas”. O acordo sobre as correções foi fechado na última quarta-feira (13), após reunião com o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP).



Essa equipe da atual gestão municipal é péssima!!! Um povo despreparado, literalmente estamos na era dos totalmente "fora da casinha"!!! É muito triste assistir nosso município ser destruído por um grupo sem conhecimento do funcionamento da máquina e para ajudar são de arrogância descomunal, vivem com o fantasma, criado por eles mesmos, da suposta perseguição política... Por favor acordem e tomem as rédeas da situação ou Campo Grande será definitivamente engolida pelos buracos da arrogância e incompetência da gestão atual!!
 
Claudia Santos em 18/11/2013 16:04:28
KKKKKKKKKKKK ESSA PREFEITURAAA QEM QUE RIR ... RIR MUITOOO KKKKKK PARABÉNS AOS 270.000 ...
 
Antonio Mendez em 18/11/2013 14:59:34
Cara Vereadora, fique sabendo que entre as atribuições está a de fiscalizar o executivo, emendar projetos e dar sugestões, então o faça e cumpra seu papel, cobre deles que resolva, não precisa esse alarde todo, pois em todos esses anos pouco vi do seu trabalho como vereadora.
 
Wilson Galeano em 18/11/2013 14:20:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions