A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

16/03/2017 08:59

Sindicato reage a demissões e fecha agência bancária na Costa e Silva

Sindicato alega insalubridade para colaboradores e falta de estrutura para clientes

Elci Holsback
Sindicato avalia reabertura da unidade (Foto: Sindicato dos Bancários)Sindicato avalia reabertura da unidade (Foto: Sindicato dos Bancários)

A agência do banco Bradesco localizada na avenida Costa e Silva foi fechada pelo Sindicato dos Bancários de Campo Grande no fim da tarde desta quarta-feira (15) devido à falta de funcionários e estrutura adequada para atendimento ao público.

De acordo informações do sindicato, após a incorporação do HSBC, o Bradesco está demitindo bancários em todo país. Ontem, a demissão atingiu o gerente da agência da Costa e Silva e três funcionários da agência do município de Coxim - distante 260 km de Campo Grande.

"Essa agência funcionava com 13 funcionários e ontem havia apenas 7, o que torna as condições de trabalho insalubres, sobrecarregando os funcionários e afetando na qualidade dos serviços oferecidos aos clientes, levando em conta que é uma agência com grande demanda", avalia o presidente da entidade, Edvaldo Franco Barros.

Ainda segundo Barros, nesta manhã representantes sindicais estão na unidade bancária avaliando a situação para estudar a possível reabertura.

"Vamos verificar se haverá condições de atendimento. Já questionamos a direção do banco, mas ainda não recebemos retorno sobre a situação. É uma prática constante o remanejamento de funcionários após várias demissões, desfalcando os atendimentos, o que é prejudicial ao trabalhador e ao público", comenta o sindicalista.

A reportagem do Campo Grande News entrou em contato com a assessoria de imprensa do Bradesco, em São Paulo, e foi informada que o assunto está sendo apurado e em breve a instituição irá se posiocionar sobre o fato.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions