A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

15/01/2015 15:49

Taxa de embarque sobe para voos domésticos e internacionais

Liana Feitosa
Reajuste passa a valer em 30 dias. (Foto: Arquivo / Campo Grande News)Reajuste passa a valer em 30 dias. (Foto: Arquivo / Campo Grande News)

A tarifa aeroportuária, conhecida como taxa de embarque, vai subir. O reajuste é anual, vale para voos nacionais e internacionais, e passa a vigorar dentro de 30 dias, dependendo do aeroporto. Para quem vem a Campo Grande, o valor será de R$ 19,35. Antes, era de R$ 16,94. A mesma porcentagem de reajuste vale para os aeroportos de Corumbá e Dourados, que também pertencem à 2ª categoria dos aeroportos brasileiros.

No aeroportos de Bonito e Ponta Porã, que fazem parte da 3ª categoria, o reajuste eleva a taxa para R$ 16,04, indicando uma diferença de R$ 2 na tarifa cobrada até agora.

Destinos - A taxa é calculada de acordo com essa classificação. Portanto, o tributo sofre variação a cada categoria de aeroporto. Para quem quer sair de Campo Grande e ir para São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro ou Salvador, por exemplo, que pertencem à 1ª categoria, o reajuste é de R$ 3,07, ou seja, de R$ 21,57 a tarifa passa a ser de R$ 24,64.

Se o destino é internacional, o preço é ainda mais salgado, mas podem variar bastante de acordo com o aeroporto de destino e com a quantidade de trechos a serem percorridos durante a viagem. As maiores variações ocorrem em aeroporto que pertencem à 1ª categoria, onde a tarifa é de R$ 42,38.

Para embarques domésticos, os valores cobrados podem ser de, no máximo, R$ 24,64. Já para embarques internacionais, a tarifa não pode passar de R$ 85,99.

Remuneração - Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), as tarifas pagam os serviços de embarque, conexão, pouso, permanência e armazenagem e capatazia da carga importada ou a ser exportada.

O aumento, de acordo com a Anac, é válido para aeroportos públicos administrados pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) e demais aeroportos públicos tarifadores que não são explorados por meio de contratos de concessão ou termos de autorização.

Outras informações podem ser conferidas no site da Anac: http://www.anac.gov.br/Noticia.aspx?ttCD_CHAVE=1682.

Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions