A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019

06/11/2019 21:03

Walmart fecha as portas no domingo e pega lojistas de surpresa

Prédio deve ser reinaugurado como Sam’s Club, um clube de compras com produtos importados exclusivo para sócios

Adriano Fernandes
Prédio onde funciona o supermercado na Avenida Mato Grosso. (Foto: Paulo Francis) Prédio onde funciona o supermercado na Avenida Mato Grosso. (Foto: Paulo Francis)

O supermercado Walmart de Campo Grande vai fechar as portas no próximo do domingo (10), segundo os lojistas do prédio. Depois do anúncio feito em agosto de que a companhia iria apenas mudar seu nome para Big, nesta quarta-feira (06) os empresários foram informados de que terão apenas 4 dias para encerrar as suas operações.

No prédio que fica no cruzamento da Avenida Mato Grosso com a Rio Grande do Sul também estão instaladas cerca de 7 lojas e 4 quiosques, dentre ótica, perfumaria, salão de beleza, cafeteria entre outras. Segundo os empresários, a companhia deu trinta dias para que todos os móveis, produtos e equipamentos sejam retirados das lojas.

No entanto, a partir do próximo domingo (10) eles já não podem mais funcionar no local. As informações constam em documento entregue a cada um dos lojistas por uma representante do grupo, nesta quarta-feira (06). “Mas estamos planejando atender normalmente na segunda-feira (11), mesmo com as portas fechadas. Tenho oito funcionárias, não tenho como fechar assim às pressas”, comentou uma das empresárias, de 40 anos, que pediu para não ter identidade divulgada.

A marca não teria dado uma justificativa de o porquê o anúncio foi feito em cima da hora, mas o fechamento não deve ser definitivo. Ainda segundo os empresários, o prédio vai passar por reforma e ser reinaugurado como Sam’s Club. Um clube de compras, que praticamente não tem concorrente no País e aposta na venda de produtos exclusivos. O Sam’s também pertence ao Grupo Big.

“Eles informaram que após essa reforma, que ainda não tem um prazo definitivo para término, nós até poderemos permanecer no prédio, mas dai vamos ter que iniciar todo o processo de locação novamente. Mas e até lá? E nossas contas, nossos compromissos? Como vamos nos manter? Paguei o meu aluguel ontem”, completa a lojista que paga R$ 5,9 mil de aluguel.

Procurada pela reportagem a representante do Grupo Big, pediu para que a ligação fosse retornada nesta quinta-feira (06). 

Sam’s Club

O Sam’s Club virou a principal aposta do Grupo BIG após o fundo de investimento Advent, que controla a empresa, desistir da marca Walmart no Brasil. Em setembro a empresa inaugurou a sua terceira loja em Brasília. Para este mês está prevista a inauguração de mais duas unidades em São Paulo e em seguida em Aracaju.

As quatro filias que serão inauguradas neste ano tinham a marca Walmart e passaram por reformas que consumiram R$ 110 milhões, conforme o portal Terra. Ao contrário de outros atacados como Assaí e Atacadão, que têm o preço baixo em itens básicos, o Sam’s Club tenta atrair clientes com produtos exclusivos, geralmente importados e que não são vendidos no comércio brasileiro. Para ter acesso à loja, porém, o cliente precisa ser sócio e pagar R$ 75 por ano.

Em Mato Grosso do Sul, o Grupo Walmart chegou a ter quatro lojas, todas em Campo Grande. Eram duas da marca Maxxi, de atacado, e as duas de varejo, o Walmart da avenida Mato Grosso e o do Shopping Bosque dos IpêsAs outras quatro foram fechadas entre o fim de 2015 e o começo de 2016. Walmart Brasil agora é Grupo BIG. À época, o fechamento das unidades foi atribuído ao ambiente econômico no Brasil.



O Maxx atacado era um excelente lugar para fazer compras devido aos preços.
 
Jose Antonio Leal Batista em 07/11/2019 11:30:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions