A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

16/07/2019 17:18

Prefeitura nega cortes e afirma que atendimento a aluno especial continua

Secretaria diz que 2,5 mil crianças permanecem acompanhadas pela equipe técnica da Divisão de Educação Especial da Reme

Gabriel Neris e Clayton Neves
Grupo formado por pais e professores se reuniram nesta tarde com o prefeito Marquinhos Trad, (Foto: Divulgação)Grupo formado por pais e professores se reuniram nesta tarde com o prefeito Marquinhos Trad, (Foto: Divulgação)

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) afirmou que não haverá desligamento de 2 mil profissionais e que as crianças que necessitam de atendimento especializado nas escolas continuarão assistidas pela Reme (Rede Municipal de Ensino).

Professores e pais, preocupados com as informações de que haveria dispensas, protestaram nesta tarde (16) em frente à Prefeitura de Campo Grande. Uma comissão foi formada e recebida pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD) no gabinete.

Em nota, a Semed afirmou que as 2,5 mil crianças permanecem acompanhadas pela equipe técnica da Divisão de Educação Especial da Reme. “Também irá oferecer a estes profissionais, selecionados em processo seletivo, cursos, formações continuadas, além de recursos pedagógicos de acordo com a especificidade de cada aluno”.

“As crianças com comprometimento severo continuarão sendo atendidas pelos APEs (auxiliares educacionais especializados). No total, a Reme conta com 102 Emeis (Escolar Municipal de Educação Infantil) e 95 escolas de Ensino Fundamental. Todas as crianças que comprovam a necessidade de acompanhamento por meio de laudo médico são atendidas, inclusive nas escolas de campo”, completa a nota da prefeitura.

Os professores afirmaram que assinaram renovação de contrato por mais seis meses, porém foram dispensados por telefone na segunda-feira. Ainda dizem que seriam substituídos em processo seletivo para AEI (assistente educacional de inclusão). Os vencimentos, que vão de R$ 2,8 mil a R$ 3,3 mil, cairiam para cerca de um salário mínimo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions