ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 21º

Educação e Tecnologia

Secretários discutem na segunda-feira a estratégia de volta segura às aulas

Gestores devem ainda debater sobre vacinação infantil nas escolas, como se fez com adolescentes

Por Adriel Mattos | 27/01/2022 15:27
No ano passado, alunos da rede estadual voltaram às escolas em agosto. (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)
No ano passado, alunos da rede estadual voltaram às escolas em agosto. (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Gestores das áreas da saúde e da educação de Mato Grosso do Sul se reúnem na segunda-feira (31) para debater a volta às aulas nas redes pública e privada em meio à nova onda da pandemia de covid-19 e a epidemia de gripe (Influenza “A” H3N2). Em Campo Grande, os alunos da rede municipal devem retornar em 14 de fevereiro.

Participarão do encontro, que será realizado por meio de videoconferência, os secretários de Estado Geraldo Resende (Saúde) e Maria Cecília Amêndola da Motta (Educação); secretários municipais de Saúde e de Educação e representantes do Cosems/MS (Conselho Estadual de Secretários Municipais de Saúde de MS) e da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação).

O assessor militar da SES (Secretaria de Estado de Saúde), coronel bombeiro Marcelo Fraiha, disse ao Campo Grande News que os gestores devem debater ainda uma estratégia de vacinação infantil, a exemplo da campanha com os adolescentes realizada no ano passado na Rede Estadual de Ensino.

“Serão discutidas estratégias para um retorno seguro, assim como meios de incentivo à vacinação. Tivemos sucesso na campanha com os adolescentes e podemos repetir com as crianças. Isso, claro, com consentimento dos pais, como vem sendo feito”, pontuou.

A prefeitura da Capital já descartou a possibilidade de voltar ao sistema remoto na Reme (Rede Municipal de Ensino). A SED (Secretaria de Estado de Educação) reiterou à reportagem que a volta presencial também está mantida, respeitando os protocolos de biossegurança.

Nos siga no Google Notícias