ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 31º

Enquetes

Enquete: 77% dos leitores dizem não ter brigado com a família por política

Primeiro turno foi no último domingo e segundo turno está marcado para 30 de outubro

Gabriel de Matos | 03/10/2022 07:48
Boletim de urna sendo colado em porta de seção eleitoral (Foto: Kísie Ainoã)
Boletim de urna sendo colado em porta de seção eleitoral (Foto: Kísie Ainoã)

A enquete do Campo Grande News perguntou aos leitores se eles brigaram com a família por política nestas eleições gerais de 2022. Essa foi a eleição mais polarizada após a redemocratização na disputa para presidência com Jair Bolsonaro (PL) e Lula (PT) em que juntos somaram mais de 105 milhões dos votos válidos. Com isso, os conflitos são comuns.

Os leitores que responderam à enquete mostraram que 77% dizem não ter brigado por política nessas eleições. Quem afirmou que brigou está na casa dos 23%.

A leitora Mariliane Freitas brincou que na casa dela quase teve fim de casamento. “Quase deu divórcio por aqui. Bom que aqui cada um tem sua opinião própria, nenhum vai embalado no outro. E está tudo ótimo”. Cíntia Mendes disse que brigou, mas não neste pleito. “Nessa não, só na passada e não 'desbrigamos' até hoje”.

Bernardete Waenga ressaltou o respeito nesse momento de eleições. “Cada um tem o direito de votar no candidato que achar melhor, respeito entre os irmãos”. Por fim, Neneca Santos afirmou que não briga por isso.

Com 99,99% das seções apuradas em todo o Brasil, o resultado do primeiro turno deixou a decisão para o dia 30 de outubro. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está com 48,43% (57,2 milhões) dos votos válidos e o presidente Jair Bolsonaro (PL) tem 43,20% (51,0 milhões).

Em Mato Grosso do Sul, todas as seções estão apuradas e o deputado Capitão Contar (PRTB) vai enfrentar o ex-secretário de governo Eduardo Riedel (PSDB). O primeiro ficou com 384 mil votos e o segundo com 361 mil. Para o Senado, a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina foi a mais votada do Estado com 829 mil votos e eleita com 60,85% dos votos válidos.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Nos siga no Google Notícias