ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 21º

Enquetes

Maioria dos leitores diz ter recebido “visita” de animais silvestres em casa

Ao se deparar com animal silvestre em ambiente urbano, orientação é acionar a PMA via 190

Gabriel de Matos | 28/09/2022 08:10
Animais que 'visitaram' leitores do Campo Grande News (Foto: Direto das Ruas)
Animais que 'visitaram' leitores do Campo Grande News (Foto: Direto das Ruas)

Mato Grosso do Sul é reconhecido por conta da sua rica fauna e biodiversidade. Na Capital, basta andar próximo ao Lago do Amor, por exemplo, que você se depara com capivara, jacaré, arara, entre outros. Porém, às vezes esses animais saem do seu habitat natural e invadem casas.

A enquete dessa terça-feira (27) do Campo Grande News perguntou aos leitores se eles já receberam a ‘visita’ de animais silvestres. Pouco mais da metade das respostas, 54%, indicaram que receberam alguma visita inesperada. Já 46% das respostas disseram que não foram surpreendidos.

O leitor Gilliano Urbieta, de Campo Grande, contou que na região onde mora recebe com frequência um porco-espinho que se alimenta de fruta nas árvores. “Moro no Santa Luzia e temos um visitante constante na madrugada um porco espinho vem até às árvores frutíferas da vizinhança se alimentar.

Tales Vallejo já recebeu "de tudo" no seu quintal. “Morava lá em Corumbá e já vi de tudo visitar meu quintal. Era cutia, bugio, tamanduá bandeira e Mirim, cobras e uma vez lá no quintal do vizinho apareceu uma onça parda. Lari Rodrigues também deixou seu relato nos comentários do Facebook. “Tenho gambás como inquilinos na casa onde sou inquilina  pensa em uns bichinhos que incomodam”.

O tenente-coronel Ednilson Queiroz, responsável pela comunicação da PMA, orienta que em casos como estes, os moradores podem solicitar resgate pelo número (67) 99984-5013, mas nem sempre os casos são casos de capturas. De acordo com o tenente, a orientação é sempre ligar para o 190, que é responsável por distribuir a ocorrência.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Nos siga no Google Notícias