ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Enquetes

Se tudo foi liberado, escolas deveriam acabar com ensino híbrido?

Modalidade une atividades presenciais e remotas aos alunos

Por Guilherme Correia | 22/09/2021 07:32
Jovem utiliza celular e notebook para fazer suas aulas. (Foto: Reprodução/SED-DF)
Jovem utiliza celular e notebook para fazer suas aulas. (Foto: Reprodução/SED-DF)

Enquete desta quarta-feira pergunta aos leitores do Campo Grande News se com as recentes flexibilizações das medidas restritivas impostas pela pandemia da covid-19, as escolas teriam de acabar, também, com a modalidade de ensino híbrido - aquela em que mescla atividades presenciais e remotas.

Para responder, é só votar com sim ou não ao final desta matéria, ou na capa do jornal. Vale lembrar que sua opinião, em comentários, pode aparecer nas próximas notícias sobre o assunto.

Com metade da população total de MS imunizada contra a covid, várias regras têm deixado de estar em prática no Estado. Não há mais toque de recolher, atividades essenciais, nem outras medidas. Além disso, na Capital, não há nem exigência de lotação, por exemplo.

Contudo, alguns especialistas dizem que essa modalidade de ensino pode ser aproveitada mesmo depois da pandemia - que ainda continua confirmando centenas de casos, além de óbitos, diariamente.

Enquete

Se tudo foi liberado, escolas deveriam acabar com ensino híbrido?

Sim

67%

Não

33%
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelo Google.
Política de Privacidade e Termos de serviço.
A votação para essa enquete terminou.
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário