A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

07/04/2009 22:32

Apesar de derrota, família está confiante em Priscila

Redação

Logo após o apresentador Pedro Bial decretar que a campo-grandense Priscila Pires, 26 anos, havia conquistado o 2º lugar no programa Big Brother Brasil 9, com 34,61% dos votos, os torcedores da morena, que haviam comparecido em massa ao Pátio Moreninha, em Campo Grande, abandonaram o local com rapidez.

Mesmo assim, a família da participante, que mora em sua maioria nas Moreninhas, ficou no local para comemorar o fato da modelo ter chegado à final do programa, o que já é considerada uma vitória. "Valeu a pena. Tenho certeza que as portas se abrirão para ela após o resultado", declarou Sérgio Pires dos Santos, 47 anos, pai da jovem.

Sua tia, Kátia Regina Arruda dos Santos, considera a jovem "uma guerreira. Para quem não esperava ficar um mês na casa, ela chegou muito longe".

Da mesma opinião compartilha a promotora de vendas Elizângela Pires, 29 anos. Conforme ela, "Priscila representou muito bem a população de Campo Grande. A partir daí ela vai ter muitas oportunidades".

Independente de ter ficado em segundo lugar e faturado R$ 100 mil, Campo Grande comemorou hoje a "vitória" de Priscila. Para a cidade, foi quase que final de Copa do Mundo, com telão montado no bairro mais populoso da cidade.

A notícia chegou antes mesmo da transmissão a Mato Grosso do Sul, que é feita com atraso de 1 hora. No Rio de Janeiro a festa começou cedo, com Priscila cercada por amigos.

Em quatro meses, a campo-grandense saiu do anonimato para ser a celebridade do momento. Formada em Jornalismo pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), Priscila resolveu investir na carreira de modelo.

Há um ano vive no Rio de Janeiro, onde divide apartamento com uma amiga. Agora, é a sobrevivente de 3 paredões.

Escolhida para o BBB9, Priscila Pires, de 26 anos, foi revelada como Top Girl pelo Campo Grande News.

Nesta terça-feira, amigos cariocas e sul-mato-grossense uniram energia na torcida por Priscila. A família humilde de Campo Grande, dividida entre as Moreninhas,o bairro Universitário e a Vila Carlota, também vibrou junto hoje.

Para os parentes, a menina que gostava de posar para fotos já aos 6 anos de idade, agora é o grande orgulho.

Roberto Figueiredo, diretor de cultura da Fundac, "a Priscila é uma pessoa que está levando o nome de Campo Grande ao Brasil inteiro e por isso merece a festa".

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions