A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/04/2010 21:18

Iphan avalia pinturas históricas em Porto Murtinho

Redação

Alugada pela prefeitura para os ensaios diários do Coral das Meninas Cantoras de Porto Murtinho, a Escola Imaculada Conceição recentemente começou a passar por um processo de reforma. A surpresa foi geral quando durante as obras, alguns funcionários se depararam com desenhos antigos nas paredes do local, lavadas com jato de água acarretando em descascamento.

Diante da descoberta, o prefeito Nelson Cintra (PSDB) entrou em contato com o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), que enviou técnicos especializados em restauração para conferir as pinturas em formas de florais. Eles estiveram nesta terça em Porto Murtinho.

Assim que as pinturas históricas foram descobertas, a arquiteta Fernanda Gonzaga teve de paralisar a obra. "Ao olhar para a beleza dos desenhos marcados em paredes tão antigas, o prefeito Nelson Cintra pediu para que contatássemos o Iphan o mais rápido possível", ressalta a arquiteta.

Recebidos pela secretária municipal de Turismo Vivian Cruz, o restaurador carioca Marcelo Nariz e a superintendente regional do Iphan em Mato Grosso do Sul, Maria Margareth Escobar, realizaram uma prospecção pictórica que, na verdade, é a investigação técnica das pinturas encontradas.

Pela análise dos profissionais, algumas curiosidades foram constatadas, como: o prédio usado por várias décadas como moradia para freiras da Igreja Católica pode ter sido um bordel no início do século passado.

De acordo com Marcelo, os ornamentos florais e as cores vivas elevam a um cenário de ostentação, que era muito utilizado na época em ambientes como bordeis.

Mesmo trabalhando com uma suposição em relação ao prédio ter servido como bordel, a ideia ganha força se posta lado a lado com a história do município, que alcançou seu período áureo com a exportação da erva-mate no início do século passado.

Na opinião da superintendente regional do Iphan em MS, o prefeito Nelson Cintra tomou uma atitude exemplar ao entrar em contato com o órgão. "Uma ação dessas, além de proteger o patrimônio histórico de Porto Murtinho, agrega valor econômico para a cidade do ponto de vista turístico", enfatiza Maria Margareth.

A Escola Imaculada Conceição recentemente entrou em processode tombamento como patrimônio histórico e cultural da cidade, através da lei 1.403, de 23 de abril de 2009. O prédio onde as meninas cantoras de Porto Murtinho ensaiam pertence à Diocese de Jardim.

O senador Delcídio Amaral (PT) destinou verba de R$ 150 mil para a reforma da fachada do local, recentemente.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions