A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/02/2008 06:58

Puccinelli lança hoje obras em Paranhos e Ponta Porã

Redação

A agenda do governador André Puccinelli hoje (11) será na região de fronteira com o Paraguai. A primeira parada deve ser pela manhã em Paranhos, a 470 quilômetros de Campo Grande, onde às 8h30 será assinada ordem de serviço para construção da nova sede do Cras (Centro de Referência da Assistência Social).

 Prédios para abrigar esses centros estão sendo reformados e construídos em todo Estado para atender famílias de baixa renda, para inclusão em projetos sociais e encaminhamentos necessários. Em Paranhos, o governo acredita que pelo menos 5,5 mil pessoas estejam nessa condição. Os investimentos são do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome,  do governo estadual e da prefeitura de Paranhos. Ponta Porã - Após a solenidade no município, Puccinelli deve seguir para Ponta Porã, onde ainda pela manhã autoriza a construção do Centro Público de Atendimento à Criança. A obra será na Vila Alegrete, para atender crianças de 0 a 6 anos, vítimas de violência ou abandono. O governador também anunciará no município a retomada das obras de conclusão do prédio do Núcleo Regional e Centro de Especialidades de Ponta Porã. 

Com o Núcleo, o governo pretende criar um local de referência para atendimento, vacinação e entrega de medicamentos à população também de Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas, Tacuru, Bela Vista e Caracol. (com informações da agência Notícias MS)

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions