A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018

16/12/2017 17:02

Apesar de derrota, gremistas ficam satisfeitos com desempenho em Mundial

Time Gaúcho começou o ano desacreditado apesar de título conquistado no final do ano passado, dizem torcedores

Bruna Kaspary
Torcedores gremistas durante o jogo contra Real Madrid (foto: Paulo Francis)Torcedores gremistas durante o jogo contra Real Madrid (foto: Paulo Francis)

Mesmo após a derrota por 1x0 contra o time do Real Madrid, os torcedores do tricolor gaúcho saíram satisfeitos com a campanha do Grêmio no Campeonato Mundial Interclubes. Segundo eles, mesmo após a conquista da Copa do Brasil, o time começou o ano desacreditado.

O garçom Cleber Alves Carboni, de 38 anos, levou o filho do patrão dele, Lucas, de 15, para assistir o jogo no CTG (Centro de Tradição Gaúcha) Tropeiros da Querência, e fala que o menino está vivendo a melhor fase do time desde que ele nasceu.

"O Grêmio estava indo bem nos três campeonatos que estava competindo, isso tudo para chegar aqui. Tem alegria maior do que, aos 15 anos, ver seu time tricampeão da América?", brinca Cleber.

Para ele, o time vinha de um começo de ano desacreditado, mesmo depois de ter ganhado a Copa do Brasil no ano anterior. "Estavam pegando somente os jogadores que os outros times não queriam mais, tinha tudo para dar errado".

Gabriel temia goleada contra time do coração (Foto: Paulo Francis)Gabriel temia goleada contra time do coração (Foto: Paulo Francis)

"Melhor ser vice do mundial do que vice da série B [do Brasileirão]", brinca o gerente comercial Luiz Carlos Somenzi, de 48 anos. A piada, segundo ele, foi para cutucar o rival, Internacional, e não desaminar os demais torcedores, que chegaram a chorar após o final da partida.

Ele lembra que, ao contrário do que muitos temiam, o jogo foi equilibrado e o tricolor não deu brechas para o time espanhol. "Achavam que seriam três, quatro gols para cima do Grêmio, mas não deram liberdade, mesmo depois do gol deles".

Gabriel Rodrigues, 32 anos, não estava completamente confiante na vitória do time gaúcho no início do jogo, mas se surpreendeu com o desempenho. "Perdeu o equilíbrio no segundo tempo, mas valeu o ano".

Para ele, o equilíbrio do jogo mostrou o potencial do time. "Precisava de mais calma, quando tomou o gol desequilibrou, tanto que tomou outro logo em seguida, mas que foi anulado".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions