A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

13/10/2009 11:05

Após reforma, Morenão "está preparado", diz Federação

Redação

Com injeção de R$ 720 mil em recursos da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), prefeitura e governo do Estado, o Morenão "está preparado para receber qualquer partida", garantiu esta manhã o vice-presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul, Marco Tavares. A reforma foi necessária para a disputa entre Brasil e Venezuela marcada para amanhã às 18 horas.

Na manhã desta terça-feira eram feitos os ajustes finais e o Corpo de Bombeiros mandou uma equipe ao local para a vistoria técnica, onde será avaliado se a estrutura está preparada para receber público de 22 mil torcedores.

O desnível do gramado e a iluminação precária foram os pontos mais atacados do estádio e que, segundo garante a organização, foram sanados.

A mídia nacional apontou as falhas do estádio e também questionou a destinação de vultosos R$ 462 mil em recursos da CBF para a reforma, uma iniciativa inédita e que é vista como uma forma de compensar a Capital sul-mato-grossense por ter perdido para Cuiabá na disputa por ser subsede da Copa de 2014. A CBF pagou mais de 50% do valor da reforma.

Ontem, quem passou pela área de imprensa reclamou que, apesar de cobertura, vazamentos vão exigir guarda-chuva aos jornalistas.

Tavares ressalta que a grama mato grosso, usada no campo, é uma variedade que caiu em desuso, cedendo espaço para outras como a esmeralda, que como cresce de maneira uniforme tem a característica de formar tapetes verdes, ideal para a prática esportiva. Como o gramado não será substituído, está sendo aparado bem baixo e também foi estendido.

Os bancos de reservas e técnicos, que antes ficavam em uma área rebaixada, foram reposicionados para dentro do gramado, dentro dos padrões da Fifa. Sob os bancos, que receberam almofadas, foi colocado um tapete sintético e também foi instalada uma cobertura de acrílico.

A única mudança considerável foi na iluminação do estádio, substituída e o número de refletores ampliado de 72 para 96, segundo o gerente de serviços gerais da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), João Jair Satorelo. O dinheiro para a ampliação veio da prefeitura e do governo estadual.

Os banheiros dos vestiários foram reformados e o corredor que dá acesso recebeu tapetes emborrachados. Nos banheiros foram trocados chuveiros e as pias quebradas foram substituídas.

Também foi montada em frente ao camarote uma área para cadeirantes, para garantir acessibilidade. Na área coberta das arquibancadas foi instalada uma manta asfáltica de 4 mm de espessura para garantir impermeabilidade.

A reforma garantiu, ainda, uma área para aquecimento dos jogadores. Além disso, a pintura sinalizando saídas de emergência foi renovada.

Hoje às 16 horas a seleção brasileira treina no Morenão e às 18h30 será o treino da Venezuela. Marco Tavares lembra que sediar a última partida do Brasil nas eliminatórias é uma grande responsabilidade, uma vez a seleção só enfrentará outra eliminatória daqui a oito anos. Isso porque em 2014 a Copa será no Brasil, o que isenta a seleção de participar das eliminatórias.

Galeria de Imagens

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions