ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  13    CAMPO GRANDE 30º

Esportes

Atletas de Campo Grande conquistam 4 medalhas de ouro em mundial de Jiu Jitsu

Evento aconteceu na cidade paulista de Araçariguama e contou com a participação de atletas de várias partes do país e do mundo

Por Jhefferson Gamarra | 26/02/2021 17:44

Lutadoras de Campo Grande foram destaque no Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu, que ocorreu nos dias 20 e 21 de fevereiro na cidade paulista de Araçariguama. A equipe da academia Gracie Barra Pantanal foi para a competição com duas atletas e retornou com 4 medalhas de ouro na bagagem.

Mesmo com as dificuldades enfrentadas para a realização do campeonato, devido a pandemia da Covid-19, o professor de jiu-jitsu Miguel Contis Filho, destaca o êxito alcançado pelas atletas na competição.

“Foi um campeonato bem complicado, tiveram que mudar algumas vezes a data e o local, teve muita gente do nosso estado acabou não conseguindo ir, foi um feito inédito para nosso estado estamos muito felizes com o resultado, fomos com duas atletas e conquistamos 4 medalhas de ouro”, relata.

Maria Eduarda subiu duas vezes no pódio ao conquistar duas medalhas de ouro (Foto: Divulgação)
Maria Eduarda subiu duas vezes no pódio ao conquistar duas medalhas de ouro (Foto: Divulgação)

Em seu primeiro campeonato pela federação de Jiu-Jitsu e debutando em mundial, Maria Eduarda Nogueira, 16, subiu no degrau mais alto do pódio nas duas categorias que disputou, superpesado e absoluto na classe juvenil, ambas sem limite de peso máximo.

"A conquista, foi um sensação compensadora pelo meu esforço, dedicação e focos nos treinos", comenta a atleta que coleciona diversas conquistas no esporte.

Lutando em sua terra natal, Maria Eduarda conquistou o troféu Brasil, foi campeã Estadual, campeã Sul Americana, campeã da copa União pantaneira. Fora de Campo Grande foi campeã no peso e absoluto de no-gi, segundo lugar no campeonato Sul Brasileiro de jiu jitsu realizado em Florianópolis e campeã no Curitiba open gi e no-gi ,com kimono e sem.

A atleta sul-mato-grossense Ana Paula Prates (kimono azul) ao lado da supercampeã mundial Nika Schwinden (Foto: Arquivo pessoal)
A atleta sul-mato-grossense Ana Paula Prates (kimono azul) ao lado da supercampeã mundial Nika Schwinden (Foto: Arquivo pessoal)

A atleta Ana Paula Prates, 24, foi campeã na categoria pesado, até 79 kg, e absoluto, sem limite de peso, na classe adulta. Este foi o primeiro mundial da atleta, que já coleciona medalhas em várias competições, entre elas, medalha de bronze no campeonato brasileiro, medalha de ouro no open com pano e sem pano realizado em Curitiba, medalha de prata no sul brasileiro, medalha de prata no sul-americano, medalha de bronze no sul-americano absoluto, medalha de bronze no campeonato nacional da federação AJP ( Abu Dhabi jiu-jítsu pró).

“É muito bom estar entre as melhores nessa faixa tão difícil e competitiva, foi uma sensação de dever cumprido. Todo o esforço valeu a pena, tenho uma rotina de treinos bem forte, teve semana que cheguei a fazer 9 treinos em 5 dias, foram dias bem cansativos que se transformaram nesses ouros”, enaltece a atleta que ainda foi convidada pela professora supercampeã mundial, Nika Schwinden, para ministrar um aulão na academia Gracie Barra Curitiba.

O Campeonato Mundial NO-GI da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo-CBJJE marcou a abertura do calendário esportivo da Confederação na temporada 2021, contou com a participação de atletas de várias partes do país e do mundo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário