A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/03/2010 18:38

Botafogo vence Olaria em jogo que acabou sob água

Redação

Em um jogo sem grandes oportunidades criadas, no qual, em diversas ocasiões, viu seu adversário melhor em campo, e disputado nos seus últimos 45 minutos sob intensa chuva, o Botafogo derrotou o Olaria por 2 a 0, neste domingo, no Engenhão, pela Taça Rio, graças ao talento de Caio e a competência de aproveitar as suas poucas chances.

O resultado recolocou o Alvinegro na segunda posição do Grupo B neste segundo turno do Campeonato Carioca, com nove pontos - o Vasco está na liderança. Já a equipe do subúrbio do Rio de Janeiro permaneceu com seis pontos e ocupa a penúltima posição Grupo A.

A partida foi disputada em ritmo lento no Engenhão. No primeiro tempo, sem água, o Olaria permaneceu mais tempo com a bola em seus pés, guiado pelo apoiador Valdir, mas suas únicas jogadas eram alguns chutes de fora da área, sem perigo.

Por sua vez, o Botafogo, tímido, chegou duas vezes: em uma cabeçada de Fahel salva em cima da linha e aos 18 minutos, quando Caio recebeu de Lucio Flavio pela direita, entrou na área em velocidade e cruzou na cabeça de Antônio Carlos.

A volta para o segundo tempo foi marcada pelo início do temporal, com o Olaria começando a tomar as rédeas do confronto, mas com o Alvinegro ampliando a vantagem, aos quatro minutos: Lucio Flavio encontrou Gabriel entrando na área pela esquerda do ataque.

O lateral bateu duas vezes para fazer 2 a 0. O desenho do jogo não mudou. O time suburbano chegava mais ao ataque, mas sem qualidade para ameaçar Jefferson. A equipe botafoguense, por sua vez, pouco criava.

Aos 16 minutos, a chuva que castigava o Engenhão somou-se a uma queda de luz que paralisou o confronto. A energia voltou aos poucos e, 17 minutos depois, o árbitro Grazianni Maciel Rocha (RJ) reiniciou o duelo em um campo encharcado, com diversas poças e sem condições de a bola rolar.

Os atletas até tentaram, mas não havia como acrescentar nada ao jogo. O técnico do Olaria, Dé Aranha, foi expulso por reclamar do reinício do duelo naquelas condições; a chance perdida por Loco Abreu aos 22 minutos: frente a frente com o goleiro, tocou à esquerda, pela linha de fundo; os vermelhos para o uruguaio e Diego por se agredirem.

Ironicamente, parou de chover nos acréscimos.

Na próxima rodada da Taça Rio, a quinta, o Botafogo enfrenta o Flamengo, domingo, no Maracanã. Antes, porém, a equipe joga quarta, em Recife (PE), contra o Santa Cruz, pela segunda fase da Copa do Brasil. Já o Olaria, no sábado, também no Maior do Mundo, encara o Vasco.

Com informações do Lance.net

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions