A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/09/2012 16:58

Brasil termina Paralimpíadas na 7ª posição do quadro geral de medalhas

Nyelder Rodrigues

Foram 21 medalhas de ouro, 14 de prata e oito de bronze. Essa é a campanha recorde do Brasil nos Jogos Paralímpicos de Londres que deu a 7ª posição no quadro geral de medalhas ao país. Os Jogos se encerraram neste domingo (9).

A última medalha brasileira foi conquistada hoje, pelo maratonista Tito Sena, que completou o percurso de 42 quilômetros em duas horas, 30 minutos e 40 segundos. Essa foi a melhor marca de Tito, que ficou 40 segundos a frente do 2º colorado.

Esta é a melhor campanha da história dos atletas paralímpicos brasileiros, que conseguiram cumprir a meta proposta antes do início das competições, que era no mínimo o sétimo lugar.

Top 10 - A China terminou na liderança da Paralimpíadas deste ano, com 95 medalhas de ouro, 71 de prata e 65 de bronze. Em segundo aparece a Rússia, com 36 ouros, 38 pratas e 28 bronzes.

Já na terceira posição, com 34 ouros, vem a Grã-Bretenha, seguida por Ucrânia (32 ouros e 24 pratas), Austrália (32 ouros e 23 pratas) e Estados Unidos (31 ouros).

Completando o top 10 do ranking paralímpico de medalhas, depois do Brasil, a Alemanha foi a oitava, com 18 medalha de ouro, a Polônia a nona, com 14 ouros, e a Holanda foi a décima, com 10 medalhas de ouro e 10 de prata. O Irã, 11º colocado, conseguiu 10 ouros e sete pratas.

Ao todo, 75 países conquistaram ao menos uma medalha, seja de qual for a posição. Destas nações, 57 conseguiram pelo menos um ouro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions