ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 19º

Esportes

Buscando o sonho da classificação, Operário embarca rumo a Maceió

Delegação deve chegar ao estado de Alagoas na madrugada desta terça-feira e faz treinamento antes da decisão

Gabriel de Matos | 13/03/2023 18:58
Delegação do Operário chegou no ônibus do clube ao Aeroporto Internacional de Campo Grande (Foto: Paulo Francis)
Delegação do Operário chegou no ônibus do clube ao Aeroporto Internacional de Campo Grande (Foto: Paulo Francis)

A delegação do Operário Futebol Clube embarcou nesta segunda-feira (13) rumo a Maceió-AL no Aeroporto Internacional de Campo Grande. O clube sul-mato-grossense enfrentará o CRB, na quarta-feira, às 18h30 (de MS), no Estádio Rei Pelé pela segunda fase da Copa do Brasil de 2023. A chegada ao estado de Alagoas está prevista para a madrugada de terça-feira.

O Galo eliminou o Operário Ferroviário, do Paraná, na primeira fase ao vencer por 1 a 0 no Estádio Jacques da Luz. O autor do gol que valeu R$ 900 mil e a passagem para segunda fase foi o atacante João Luiz. Se o time de Campo Grande passar para terceira fase, embolsa mais R$ 2,1 milhões. Somando a primeira e a segunda fase, o clube acumula R$ 1,65 milhão.

Os jogadores, membros da comissão técnica e diretoria do Operário ressaltaram a importância da partida em Alagoas. Vale destacar que o plantel sul-mato-grossense nunca chegou à terceira fase nas 11 participações anteriores. Se vencer, o time do técnico Celso Rodrigues fará história.

Teremos uma responsabilidade muito grande e estamos indo em busca do nosso sonho, do torcedor e de todo o povo sul-mato-grossense", ressaltou o técnico Celso Rodrigues.

Celso Rodrigues é o treinador do Operário e tem dois títulos pelo clube (Foto: Paulo Francis)
Celso Rodrigues é o treinador do Operário e tem dois títulos pelo clube (Foto: Paulo Francis)

Bicampeão estadual com o clube, Celso pregou respeito ao CRB e também citou que o Operário precisa fazer uma partida segura. Além disso, o técnico destacou que o time não pode fugir das características que vem apresentando e ser preciso nas oportunidades que tiver.

Assim como na decisão da Copa Verde, o confronto pela Copa do Brasil tem a possibilidade de ir aos pênaltis. Contra o Tocantinópolis, o Operário saiu eliminado na disputa de penalidades. Celso espera os jogadores mais focados e sempre atento aos detalhes do jogo.

Ele ainda destacou que os atletas e a comissão não pensam na parte financeira. "Pensamos na projeção nossa como comissão técnica e nos atletas. Lógico que o dinheiro é um valor muito bem-vindo e sabemos dessa premiação que existe".

Zagueiro e capitão do Operário, Márcio Luiz informou que a equipe está preparada para a decisão. "Vamos lá para fazer história e buscar a classificação. Trabalhar no limite e fazer o nosso melhor jogo. Caso a classificação não venha, futebol é assim".

Zagueiro Márcio Luiz é o capitão do Operário (Foto: Paulo Francis)
Zagueiro Márcio Luiz é o capitão do Operário (Foto: Paulo Francis)

Outro destaque no elenco é o atacante João Luiz, 'artilheiro das Copas' em 2023. Ele marcou na Copa Verde e no primeiro jogo da Copa do Brasil. Ausente nas últimas duas partidas, destacou estar totalmente recuperado para reforçar o time em Maceió. "Estou 100% graças a Deus. Estava fadigado e o professor optou por me deixar de fora. Vamos enfrentar o adversário confiantes, acreditando no projeto".

Análise do presidente - O presidente do Operário, Nelson Antônio, também ressaltou a projeção nacional da partida. Vale destacar que o confronto em Alagoas terá transmissão do Premiere. "Vamos buscar a vitória, esse é o espírito dos atletas".

Em relação aos recursos recebidos até o momento na competição, o mandatário destacou que o dinheiro será investido no pagamento de salários, investimento no futebol e pagamento de dívidas. "Ainda não recebemos a segunda parcela da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Temos que pagar a comissão dos atletas e o restante é pagar dívidas trabalhistas que vamos sanar. O objetivo é manter o grupo para Série D buscando vaga para Série C".

O presidente ainda avaliou a temporada do clube. Até o momento, segundo Nelson, segue conforme o planejado. "Estamos classificados para segunda fase do Campeonato Estadual. Na Copa Verde, fomos bem, mas fomos derrotados nos pênaltis. De uma certa forma, a eliminação lá foi positiva. Por enquanto, o planejamento está dentro do projetado".

Nelson Antônio é o presidente do Operário e assumiu o mandato neste ano (Foto: Paulo Francis)
Nelson Antônio é o presidente do Operário e assumiu o mandato neste ano (Foto: Paulo Francis)

Sem estádio caso passar - O REC (Regulamento Específico da Competição) da Copa do Brasil prevê que na terceira fase, oitavas e quartas de final, o estádio tenha capacidade mínima de 10 mil torcedores e sistema de iluminação. Diante da impossibilidade do uso do Estádio Morenão (único com capacidade) o Operário pode ter que jogar fora de Mato Grosso do Sul a próxima fase.

O presidente mostrou preocupação quanto a essa situação e disse que não tem expectativa para que o Operário mande jogos no principal palco do futebol sul-mato-grossense em 2023. "Não deve ficar pronto tão cedo. Pelo andamento das obras, a gente observa que nós não teremos a oportunidade de jogar lá neste ano. Se a gente passar para a próxima fase, não podemos jogar nas Moreninhas".

O Estádio Jacques da Luz, nas Moreninhas, tem capacidade liberada segundo a FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) para 3,5 mil pessoas. No Estado, o local com maior capacidade autorizado a receber torcedores é o Estádio Saraivão, em Ivinhema, a 282 km da Capital. "Não temos onde jogar aqui no Mato Grosso do Sul, infelizmente. É uma vergonha para um Estado como a gente", lamentou Nelson.

Copa do Brasil - A principal competição mata-mata do Brasil começou com 92 clubes e está na segunda fase. Ao todo, 80 equipes jogam as duas primeiras fases e somente 16 se somam a Flamengo, Palmeiras, Internacional, Fluminense, Corinthians, Athletico Paranaense, Atlético-MG, Fortaleza, São Paulo, Cruzeiro e Sport. Esses já estão na terceira fase. Se passar, o Operário aguarda sorteio para definir o próximo adversário.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias