A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018

08/05/2017 10:52

Campeão, Corumbaense inicia semana com agradecimento a Deus pelo título

Paulo Nonato de Souza
Depois de 33 anos, ontem o Corumbaense voltou a ser campeão estadual, e hoje os jogadores se reúnem na igreja para agradecer a conquista (Foto: Chico Ribeiro)Depois de 33 anos, ontem o Corumbaense voltou a ser campeão estadual, e hoje os jogadores se reúnem na igreja para agradecer a conquista (Foto: Chico Ribeiro)

Campeão estadual de 2017 ao bater o Novo de Campo Grande na final por 2 a 1, ontem à tarde no Estádio Arthur Marinho, em Corumbá, o momento agora é de agradecer aos céus pelo sucesso alcançado. É o que propõe o zagueiro Rafael, do Corumbaense, com sua convocação postada no perfil oficial do clube no Facebook nesta segunda-feira, 08.

“Assim como nós fizemos quando passamos pelo Operário na semifinal, eu convido você para fazer parte desse momento conosco. E esse título que conquistamos é para você torcedor, mas nada disso teria sido possível se Deus não estivesse nas nossa vidas”, ressalta o zagueiro Rafael.

Evangélico, Rafael faz um convite extensivo a todos os torcedores do Corumbaense, sem distinção de religião, mas cita que o evento está programado para a Igreja Assembléia de Deus, na Avenida Cabral, 1443. “Venha adorar a Deus porque Deus é único e agradeço por tudo que ele tem feito por nós”, diz ele no vídeo.

O zagueiro Rafael quase ficou fora da grande final. Ele havia sido suspenso por quatro jogos pela expulsão de campo no jogo doa dia 23 de abril diante do Operário, mas a diretoria do Corumbaense recorreu da punição no TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) e conseguiu o benefício do efeito suspensivo para que pudesse ser escalado diante do Novo na decisão do título.

Na primeira fase do Estadual, o Corumbaense foi o segundo colocado no Grupo B com 18 pontos. Venceu quatro partidas e empatou seis, marcando 19 gols e sofrendo 11. Nas quartas de final empatou em 1 a 1 com o União/ABC evenceu por 2 a 1 no jogo de volta.

A vaga para a semifinal foi garantida após a equipe eliminar o Operário. O time campo-grandense venceu o primeiro confronto por 1 a 0, em Corumbá, mas o Corumbaense reverteu em pleno Estádio Morenão com vitória por 3 a 1.

Na grande final, contra o Novo, que eliminou o Sete de Setembro, de Dourados, na semifinal, saiu de um empate por 1 a 1 em Campo Grande para vencer de 2 a 1, em casa, e ficar com o título da temporada.

Foi o segundo título estadual do Corumbaense. Antes, havia sido campeão em 1984 e ontem levantou a taça depois de 33 anos. Com o triunfo, garantiu vaga na Copa do Brasil e na Série D do Campeonato Brasileiro de 2018.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions