A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/08/2011 12:22

Capital disputa sediar evento esportivo que pode injetar R$ 8 mi na economia

Aline dos Santos e Fabiano Arruda

Campo Grande compete com 4 cidades para receber Olimpíadas Escolares

Segundo Edgar Hubner, resultado será anunciado em outubro. (Foto: João Garrigó)Segundo Edgar Hubner, resultado será anunciado em outubro. (Foto: João Garrigó)

Campo Grande está na disputa para sediar em 2013 o maior evento esportivo escolar do Brasil, com potencial de injetar até R$ 8 milhões na economia. Até quinta-feira, uma comissão do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) vai avaliar a Capital, com destaque para a capacidade da rede hoteleira e instalações que podem sediar a competição esportiva.

Outras quatro cidades estão no páreo para ser sede das Olimpíadas Escolares: Belém (Pará), Teresina (Piauí), João Pessoa (Paraíba) e Natal (Rio Grande do Norte). Campo Grande é a última a ser visitada e o resultado será anunciado até 28 de outubro deste ano.

Nesta terça-feira, a comissão do COB se reuniu com a vice-governadora Simone Tebet (PMDB). Na Governadoria, foi exibido um vídeo institucional com as potencialidades de Mato Grosso do Sul, com informações sobre turismo e infraestrutura.

A proximidade com o Pantanal deve contar pontos a favor da cidade. “Tem a questão do turismo. Muitos atletas não têm outra oportunidade de viajar’, afirma o diretor das Olimpíadas Escolares, Edgar Hubner.

Contudo, a capacidade hoteleira desponta como fator preponderante para a escolha. Dos R$ 4 milhões que deve investir na competição, o COB destina a metade para hospedagem dos atletas. “Vamos precisar de 2,4 mil leitos por dia. Durante doze dias”, salienta Edgar Hubner, que vai se reunir amanhã com o setor hoteleiro de Campo Grande.

O poder público deve oferecer a festa de abertura das Olimpíadas, segurança, saúde e transporte. “Estamos 99% preparados para receber a competição”, afirma Simone Tebet.

De acordo com a vice-governadora, há a vantagem de Campo Grande já ter disputado para ser subsede da Copa do Mundo de 2014, ter 23 instalações esportivas, além do Morenão. A vice-governadora também aposta na parceria com a rede hoteleira. “Acredito que não vão praticar um preço inviável”, enfatiza.

Segundo o presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), Carlos Alberto Assis, sediar as Olimpíadas Escolares vai representar um marco para Campo Grande. Uma obra prevista caso a cidade seja escolhida é emborrachar a pista de atletismo do parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho. As Olimpíadas Escolares têm competição em 12 modalidades.

MS pode sediar em 2013 o maior evento esportivo escolar
A Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) está em Mato Grosso do Sul nesta terça-feira (9) para avaliar a possibilidade de o Est...
Comercial fica só no empate e é eliminado pela Seduc no Sub-17
O Comercial foi eliminado do Estadual Sub-17 ao empatar em 1 a 1 com o Seduc, na tarde deste sábado (16) em Campo Grande, no estádio Olho do Furacão....


Vamos torcer para que dê certo. Para isso, no entanto, muitas providências precisam ser tomadas, muitas coisas precisam ser corrigidas. No Parque Airton Senna, por exemplo, há uma piscina de "25 metros" que tem pouco mais de 24,50 metros.
 
Paulo Amaral em 09/08/2011 06:09:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions