ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 24º

Esportes

Com foco no futebol feminino, Atlético Santista é celeiro de talentos na Capital

Equipe de futsal do clube foi campeã recentemente da Copa Pelezinho Feminino em Campo Grande

Gabriel de Matos | 18/05/2023 12:21
Elenco do Atlético Santista campeão da Copa Pelezinho sub-17 (Foto: Acervo)
Elenco do Atlético Santista campeão da Copa Pelezinho sub-17 (Foto: Acervo)

O Club Atlético Santistas, de Campo Grande, fundado no dia 12 de novembro de 2011, é uma das referências em futebol feminino no Estado de Mato Grosso do Sul. Recentemente, o plantel sub-17 de futsal conquistou a primeira Copa Pelezinho de sua história. Nos mais de 11 anos, foram mais de mil pessoas que fizeram parte do clube.

O Atlético Santista entrou em atividade na Avenida Dom Antônio Barbosa e ficou lá até 2019. Inicialmente, o clube só tinha futebol no naipe masculino. O projeto feminino começou em 2017, mas não teve muito êxito. O tempo passou e hoje é o foco do clube atendendo nas categorias sub-13, sub-15, sub-17 e adulto.

O fundador, presidente e treinador Edelson Ortiz Cordeiro, de 31 anos, explicou que a pandemia de coronavírus dificultou a operação do projeto a partir de 2020. "Em 2020, após a pandemia, perdemos muitos parceiros pela crise que foi instalada por conta dessa doença".

A partir daí, houve a mudança para o bairro Jardim Campo Nobre, na região sul da Capital. "Júlio César 'Pelezinho' viu nossa situação e nos ofereceu uma parceria para que pudéssemos continuar os trabalhos, contribuindo com o espaço e estrutura para desenvolver as atividades esportivas. Foi quando começamos a priorizar o futebol feminino", contra Edelson.

Comissão que comanda a equipe do Club Atlético Santista (Foto: Reprodução/Instagram)
Comissão que comanda a equipe do Club Atlético Santista (Foto: Reprodução/Instagram)

A agremiação conta com 41 atletas e a diretoria formada pelo Edelson, o auxiliar Gilson Martins; coordenadora administrativa Regiane Higa e a tesoureira Beatriz Vargas. O presidente reforça que não tem investimento do poder público e se mantém com o apoio de alunos parceiros.

"Contamos com a ajuda dos pais, dos parceiros que apoiam o futebol feminino, e através de eventos para arrecadação de fundos. Hoje, somos a referência em futebol feminino de base, fazemos o trabalho de lapidar novos talentos, garantindo o futuro do futebol feminino no Estado", ressalta Edelson.

Ele completa que é um entusiasta do futebol feminino. "Sempre fui apaixonado pelo futebol, e de 2011 pra cá, fui buscando estudar e conhecer melhor o esporte para desenvolver melhor nosso trabalho".

Time comemorando a Copa Pelezinho (Foto: Divulgação)
Time comemorando a Copa Pelezinho (Foto: Divulgação)

Conquista da Copa Pelezinho - A equipe de futsal do Santista disputou a Copa Pelezinho Feminino em 2023. A 15ª edição terminou no último final de semana e o time conquistou a categoria sub-17. Já o plantel sub-15 ficou com o vice-campeonato.

"Foi surreal, foi incrível e muito gratificante, nossa equipe fez sua terceira participação no evento, vínhamos de dois vice-campeonatos", descreveu Edelson. No ano de 2021, o time foi vice na categoria Sub-15. Já em 2022, ficou com a prata na sub-17.

Vale destacar que a Copa Pelezinho é uma das mais tradicionais competições de futsal nos naipes feminino e masculino em Mato Grosso do Sul.

O trabalho do Club Santista Atlético pode ser conferido no Instagram @casatleticano.

Pôster de campeão do Club Atlético Santista na Copa Pelezinho (Foto: Reprodução)
Pôster de campeão do Club Atlético Santista na Copa Pelezinho (Foto: Reprodução)
Nos siga no Google Notícias