A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

07/12/2016 22:51

Com homenagens à Chape e confusão no fim, Grêmio conquista a Copa do Brasil

Nyelder Rodrigues

Acabou a espera do Imortal. O Grêmio voltou a comemorar um título nacional após 15 anos nesta quarta-feira (7) ao empatar em 1 a 1 com o Atlético Mineiro na Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS). No jogo de ida, o resultado foi um 3 a 1 em Belo Horizonte (MG), o que deu tranquilidade ao tricolor gaúcho hoje.

O início da partida foi marcado por homenagens aos jogadores e comissão técnica da Chapecoense, além de membros da imprensa que estavam no voo que caiu na terça-feira passada (29) perto de Medellín (COL), matando 71 pessoas.

No primeiro tempo, o jogo foi movimentado, com controle dos visitantes. Entretanto, o período terminou sem gols. Já na etapa final, o cenário se inverteu e os donos da casa impuseram seu ritmo, abrindo o placar, já perto do fim do jogo.

Aos 43 minutos, em rápido contra-ataque, a bola passou por Miller Bolaños e Luan ate chegar em Everton, que bateu rasteiro e cruzado. A zaga mineira não conseguiu afastar e o equatoriano Bolanõs apareceu para marcar.

Mas o jogo reservava mais emoção. Aos 46, o meia atleticano Cazares arrancou e bateu de longe, do meio de campo, para encobrir o goleiro Marcelo Grohe e marcar um golaço, que mesmo não dando o título ao Galo, fez o time terminar com honra da Copa do Brasil.

No apito final, junto a comemoração da torcida e jogadores, começou também uma confusão entre atleticanos e gremistas em campo, logo apartada. O título de hoje foi o quinto do Grêmio na Copa do Brasil, tornando o time o maior vencedor da competição. O último título foi em 2001, ainda com um jovem treinador Tite no comando.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions