A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/02/2015 18:07

Corinthians supera expulsão de Cássio e deixa Palestra com vitória

Alan Diógenes

A única torcida a comemorar no Palestra Itália neste domingo foi a do Corinthians. Mesmo com a expulsão do goleiro Cássio no início do segundo tempo, a equipe alvinegra sustentou a vantagem construída com gol de Danilo antes do intervalo e derrotou o Palmeiras em sua própria e modernizada casa, a qual o time de Itaquera não visitava desde a década de 1970.

Com essa casa bem arrumada - ao menos por dentro, já que o entorno do estádio havia se tornado uma praça de guerra instantes antes do apito final -, o Palmeiras iniciou bem o jogo. Aparentemente mais ligado do que o adversário, o mandante rapidamente construiu a primeira boa jogada. Aos dois minutos, Allione costurou a defesa pelo lado esquerdo e cruzou para Leandro Pereira se antecipar a Gil e desviar para fora.

O domínio palmeirense foi se desfazendo aos poucos. Aos dez minutos, o Corinthians já tinha equilibrado as ações e também rondava a área ofensiva. Cinco minutos depois, em forte arremate do lateral direito Edílson, Fernando Prass espalmou para o lado direito e viu Guerrero, livre de marcação - mas impedido -, concluir para a rede. O assistente percebeu a condição irregular, e o árbitro invalidou o que teria sido o primeiro gol do Derby no reformado estádio.

Também não foi dos pés do corintiano Bruno Henrique, que não venceu Fernando Prass e a trave direita, nem do palmeirense Vitor Hugo, que obrigou Cássio a prensar a bola também contra a trave para impedir que ela entrasse. Mas começou, sim, nos pés do próprio Vitor Hugo a jogada que abriria o placar. Aos 32 minutos, o zagueiro recuou com pouca força para Fernando Prass. Petros ficou com a bola e a rolou para Danilo, de carrinho, balançar a rede.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions