A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

20/05/2019 18:10

Corumbaense recolhe imagens para identificar suspeitos de invasão à sede

Clube foi derrotado dentro de campo, jogador discutiu com torcedores e escapou de violência no domingo

Gabriel Neris
Torcedores protestam contra resultado do clube dentro de campo (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Torcedores protestam contra resultado do clube dentro de campo (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

O departamento jurídico do Corumbaense teve acesso a imagens do circuito interno de segurança do entorno para identificar os suspeitos que invadiram a sede do clube, na Avenida General Rondon. As filmagens são de casas localizadas próximas ao clube e também da Praça Generoso Ponce.

Segundo o advogado Felipe Lara, as imagens mostram três pessoas caminhando em direção ao clube por volta das 7h de domingo (19), próximo ao horário da invasão. Não há registro da ação contra os jogadores.

Por telefone, o advogado disse ao Campo Grande News que “vamos até o fim. Queremos que apure e que sejam condenados”, afirmou. Segundo ele, somente o meia Marlos, alvo dos invasores, pediu a rescisão de contrato e foi liberado.

A invasão ocorreu depois do Corumbaense ser derrotado na noite de sábado por 2 a 0 em casa pelo Iporá (GO) pela Série D do Campeonato Brasileiro. Após ser substituído, o meia teria sido alvo de torcedores e respondeu as ofensas ainda dentro do estádio. Um deles teria respondido que o jogador “não sabe com quem está lidando”.

Durante a invasão, três pessoas renderam Fabinho, outro jogador do clube, que foi questionado pelo paradeiro do atleta. Após afirmar que o atleta não estava, os homens entraram no quarto do meia, mas encontraram com a cama vazia. Sem encontrar com o jogador, o trio foi embora.

O Corumbaense se manifestou sobre o assunto através de nota oficial. A diretoria do clube afirmou que “repudia todo e qualquer ato de violência contra os atletas e já tomou providências no sentido de buscar junto às autoridades policiais, a identificação e punição deste ato criminoso. Um boletim de ocorrência foi registrado e em análise de imagens obtidas pelo clube os suspeitos foram inclusive apontados e serão investigados”.

O clube diz ainda que está prestando “o apoio necessário aos jogadores e que em respeito ao sentimento do atleta Marlos, aceitou o pedido de desligamento do mesmo”. Por fim, afirmou que atitude como esta “não faz parte do sentimento que esteve presente no relacionamento entre o clube e nossa pacífica torcida”.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions